Castelo Branco: Projeto 4 VERBOS do Politécnico já se iniciou

O Projeto 4VERBOS do Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) já arrancou com a realização da primeira sessão na Residência de Estudantes do IPCB.

  • Educação
  • Publicado: 2024-02-04 19:13
  • Por: Diário Digital Castelo Branco

Com uma sala cheia, o arranque contou com a presença da Vice-Presidente do IPCB, Ana Vaz Ferreira; do Administrador do IPCB, Ricardo Batista; da coordenadora do projeto, Ângela Oliveira; e da docente Filipa Barata, que deram as boas vindas a todos os inscritos, apresentaram brevemente o projeto e os seus objetivos, e informaram sobre todas as atividades previstas.

Os participantes no PROJETO 4 VERBOS terão acesso a sessões de leitura acompanhada; workshops de escrita, workshops de interpretação de leitura, workshops sobre temáticas interculturais; atividades colaborativas; e atividade de interação. No meio do programa, estão também previstas visitas de estudo.

As atividades principais visam a promoção de competências individuais, através do pensamento crítico, da comunicação, da autoconfiança e da criatividade; da promoção da interação e trabalho em equipa, através da dinamização de iniciativas que estimulem a colaboração e confiança nos pares, bem como a partilha de ideias; e a promoção da integração académica, cultural e social, através de atividades que promovam o respeito e a empatia pelos outros, fomentando a interculturalidade por meio de dinamizações de leitura que convidam à compreensão do descentramento cultural e à justaposição de diversos pontos de vista. 

O PROJETO 4VERBOS tem como objetivo melhorar?a comunicação e a integração dos estudantes, dando especial destaque a 4 verbos: Compreender, Pensar, Comunicar e Debater. Tem como foco principal os alunos deslocados e com maiores dificuldades de integração, nomeadamente os estudantes internacionais provenientes de Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) que, embora tenham a língua portuguesa como oficial, apresentam carências ao nível da comunicação e expressão oral e escrita, funcional e académica, o que compromete tanto o desempenho académico como a sua integração na sociedade.

Define-se como uma linha de desenvolvimento das aptidões dos estudantes, através da leitura e compreensão de textos de natureza diversa, na capacidade de pensar e refletir sobre conteúdos, estruturando formas de comunicação lógica que permitam defender e argumentar ideias e opiniões.?

O projeto enquadra-se no Programa de Apoio a Iniciativas de Acolhimento e Integração dos Novos Estudantes, iniciativa da Direção Geral do Ensino Superior que tem por objetivo promover a dimensão cultural da vivência no ensino superior e estimular, nos novos estudantes, a capacidade para integrar e participar em atividades de grupo, através da promoção de atividades culturais e artísticas diversificadas nas instituições de ensino superior.

PUB

PUB

PUB

PUB