Politécnico de Castelo Branco em plataforma internacional de investigação científica

Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) entrou para plataforma internacional de avaliação e análise dos resultados da investigação científica realizada nas instituições de ensino superior. 

  • Educação
  • Publicado: 2021-01-07
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

Em comunicado enviado ao Diário Digital Castelo Branco, o IPCB refere que entrou, em 2020, para o ‘ranking' da ‘SIR - SCImago Institutions Rankings', plataforma internacional de avaliação e análise dos resultados da investigação científica realizada nas instituições de ensino superior ou em centros dedicados à investigação científica e à inovação.

"A entrada nesta lista pressupõe a existência de pelo menos 100 trabalhos publicados pela instituição com registo na base de dados SCOUPUS, durante o ano anterior ao período de tempo analisado", lê-se na nota.

A instituição explica que "a entrada neste prestigiado ‘ranking' reflete o aumento da produção científica dos docentes e investigadores do Politécnico de Castelo Branco, que segue em linha com as políticas de fomento da atividade de investigação implementadas pela instituição".

No ano passado, a plataforma SIR integrava 26 instituições de ensino superior portuguesas, entre as quais o IPCB.

"Em 2018, o IPCB criou e registou na Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) cinco novas unidades de investigação e desenvolvimento (UID), a que se juntaram à UID CERNAS [Centro de Recursos Naturais, Ambiente e Sociedade]", refere a instituição de ensino superior público de Castelo Branco.

Anualmente, o politécnico albicastrense atribui também aos seus docentes e investigadores apoios financeiros para a produção científica.

PUB

PUB

PUB

PUB