Benfica empata com Gandara e permanência ainda não está assegurada

Perante uma equipa perfeitamente ao seu alcance, o Benfica e Castelo Branco alcançou um empate, com sabor amargo, dado que ainda não garantiu a sua permanência no campeonato.

  • Desporto
  • Publicado: 2011-05-01
  • Autor: José Manuel R. Alves

Perante uma equipa perfeitamente ao seu alcance, o Benfica e Castelo Branco alcançou um empate, com sabor amargo, dado que ainda não garantiu a sua permanência no campeonato.

Nesta partida disputada na Figueira da Foz, os beirões não encontraram alternativas para derrotar o conjunto mais fraco da prova, demonstrando alguma falta de inspiração nas oportunidades deparadas para rematar certeiro à baliza adversária.

Já perto do final da primeira parte, Ronan, foi derrubado na área, sem que o árbitro tivesse assinalado a correspondente grande penalidade, uma falha que poderia ter alterado o rumo do resultado ao intervalo.

Completamente diferente do primeiro tempo, a equipa encarnada surgiu na etapa complementar decidida a atacar, com Sordo a rematar para golo, mas com o guardião Mauro, a defender. E foi precisamente no bastião da baliza local, que tudo se jogou, face aos constantes lances dos albicastrenses, bem anulados pela defesa do Gândara, pelo que o nulo se manteve até final da partida.

Parque Desportivo do Bom Sucesso

 

Gandara: Mauro, Rafael, Cassio, Rodrigo, Mesquita (c) (Romão 65´), Damian (Daniel 85´), Romeu, Russo (Patego 40´), Maricata, Filipe e Nuno

Treinador: Patrício Duarte

Disciplina: Mesquita (38´), Damian (59´), Rodrigo (84´) e Maricato (87´)

BC Branco: Nuno Morais, Vladimir, Mamadi, Ricardo António (c), João Afonso, Quinzinho, Miguel Vaz (Leandro 69´), Kazeem, Tomaz (Baba 60´), Sordo (Fixe 60´) e Ronan

Treinador: Quim Manuel

Disciplina: Ricardo António (52´) e Kazeem (58´)

Arbitro: António Ferreira, auxiliado por Cristiano Ferraz e Plamen Hadzhiev do CRA da AF de Aveiro

PUB

PUB

PUB

PUB