Covilhã: Município com candidatura ao "Radar Social" aprovada

A Câmara Municipal da Covilhã viu aprovada a candidatura apresentada ao programa “Radar Social”, que tem valor global de 244 mil euros e que vai permitir reforçar o apoio a pessoas e famílias com problemas de pobreza ou exclusão social.

  • Região
  • Publicado: 2024-02-21 23:39
  • Por: Diário Digital Castelo Branco

Financiada por fundos do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), esta candidatura assenta num trabalho de parceria e cooperação, com vista à implementação de um sistema integrado de georreferenciação social e de capacitação do território ao nível das respostas e otimização de recursos. 

O objetivo passa por imprimir uma maior eficácia à ação das entidades locais, apoiada na noção de desenvolvimento social e integrada numa perspetiva de desenvolvimento local.

O trabalho será desenvolvido por uma equipa multidisciplinar, à qual caberá dar um contributo decisivo para a construção, atualização e enriquecimento do conhecimento sobre o território, para benefício das pessoas e das famílias, bem como das comunidades. 

O projeto está dividido em duas fases, arrancando com a atualização do diagnóstico social e com a elaboração do plano de desenvolvimento social e do plano de ação, os quais vão incluir as atividades a desenvolver, com metas e respetivos indicadores.

Será ainda realizado o mapeamento dos recursos, locais e regionais, para garantir maior eficácia das respostas e melhor coordenação das intervenções.

Na segunda fase vai proceder-se àgeorreferenciação social de âmbito municipal, que identifique pessoas, famílias de grupos em situação de vulnerabilidade social e/ou risco de pobreza e exclusão, colocando, depois, em prática o plano de ação que deve assegurar o encaminhamento dos casos referenciados para a rede dos serviços de atendimento e acompanhamento social.

Este projeto vai prolongar-se até março de 2026. 

PUB

PUB

PUB

PUB