Comité Olímpico de Portugal premeia docentes e alunos da UBI

Quatro trabalhos da autoria de docentes e estudantes da doutoramento da Universidade da Beira Interior (UBI) foram premiados na edição deste ano dos Prémios Ciências do Desporto, atribuídos pelo Comité Olímpico de Portugal (COP) e pela Fundação Millennium bcp, com a parceria da revista Visão.

  • Educação
  • Publicado: 2022-01-13 23:52
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

Segundo o Diário Digital Castelo Branco sabe, os prémios atribuídos aos elementos da UBI – dois primeiros lugares e duas menções honrosas – abrangeram todas as categorias a concurso: “Economia, Direito e Gestão do Desporto”, “Fisiologia e Biomecânica do Desporto” e “História e Sociologia do Desporto”.
Os primeiros lugares foram alcançados em “Fisiologia e Biomecânica do Desporto”, com o trabalho “Quantificação da exposição ao contacto interpessoal em desportos coletivos durante a pandemia de COVID-19 através de sistemas de rastreamento automático”, que tem como autores Bruno Gonçalves, Romeu Mendes, Hugo Folgado, Pedro Figueiredo, Bruno Travassos e João Brito; e “História e Sociologia do Desporto”, premiando “Modelo de desenvolvimento atlético e implicações para a longevidade da carreira de jogadores portugueses de futebol”, desenvolvido por Ricardo Monteiro, Diogo Monteiro e Bruno Travassos.
Ainda na última categoria, foi atribuída uma Menção Honrosa a “Abandono da carreira desportiva de futebolistas de elite portugueses: Uma análise retrospetiva longitudinal”, de Bruno Travassos, António Carapinheira, Diogo Monteiro.
A outra Menção Honrosa foi alcançada na categoria “Economia, Direito e Gestão do Desporto”, pelo trabalho “Empreendedorismo Feminino na Indústria do Desporto: realidade ou utopia?”, da responsabilidade de Dina Alexandra Marques Miragaia e Carla Daniela Moreira da Costa.
O reconhecimento da investigação feita na UBI, no âmbito das Ciências do Desporto, foi mais uma vez alcançado nesta 6.ª edição dos prémios, que viu ultrapassado o número de candidaturas recebidas. Foram submetidos 72 trabalhos para análise do júri de especialistas de cada uma das áreas.
Esta não é a primeira vez que a elementos da UBI são premiados na iniciativa do COP e da Fundação Millennium bcp. Na edição de 2015, Dina Miragaia, docente do departamento de Ciências do Desporto e Francisco Monteiro, antigo aluno de Mestrado desta área, venceram na categoria de Economia, Direito e Gestão do Desporto. Mais tarde, em 2018, Dina Miragaia, que também é investigadora do Núcleo de Estudos em Ciências Empresariais (NECE), e Sofia Gomes, licenciada em Medicina pela UBI, receberam uma Menção Honrosa na mesma categoria.

PUB

PUB

PUB

PUB