Idanha-a-Nova: Câmara quer indemnização ao reparar danos na estrada entre Rosmaninhal e Segura causados por madeireiros

Na sequência de danos causados por empresas de extração de madeira na Estrada Municipal entre o Rosmaninhal e Segura, a Câmara Municipal de Idanha-a-Nova deliberou, por unanimidade, avançar com uma ação de indemnização contra as empresas responsáveis e proceder de imediato à reparação daquela via.

  • Região
  • Publicado: 2021-05-04
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

Em causa está o mau estado do piso, que impede a circulação rodoviária em segurança, resultado da utilização indevida da estrada por empresas de extração de madeira. Apesar destas empresas terem sido notificadas há dois meses, ainda não procederam à sua reparação.

Segundo a informação enviada ao Diário Digital pela Câmara local, os danos indiciam, em concreto, a circulação ilícita de viaturas pesadas com uma tonelagem superior ao limite máximo permitido naquela via (19 toneladas), em desrespeito pela sinalização existente no local.

A situação tem sido acompanhada pela GNR e pelos serviços de Fiscalização, pelos serviços de Urbanismo e pelos serviços Jurídicos da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova.

Não tendo as empresas responsáveis procedido à reposição da estrada nas suas condições anteriores à danificação causada, a Câmara Municipal de Idanha-a-Nova deliberou proceder à recuperação imediata da estrada por razões de segurança e, de acordo com os trâmites legais, avançar com uma ação de indemnização contra as empresas.

PUB

PUB

PUB

PUB