Beto defendeu penálti e segurou empate caseiro do Leixões frente ao Sporting da Covilhã

O Leixões recebeu e empatou este Domingo com o Sporting da Covilhã 0-0, numa partida da 14.ª jornada da II Liga portuguesa de futebol, na qual o guarda-redes leixonense Beto defendeu uma grande penalidade, aos 83 minutos.

  • Desporto
  • Publicado: 2021-01-03
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco/Lusa

Beto foi a grande figura deste jogo tanto pelo penálti defendido como por outras intervenções decisivas, aos 21 e aos 70 minutos, a desviar para cantos remates potentes de Enoh e de Gui Inters, respetivamente.

O empate permitiu ao Leixões subir do 17.º para o 16.º lugar, com 10 pontos, mas com dois jogos em atraso, enquanto o Covilhã é 12.º, com 15 pontos.

O empate reflete o equilíbrio geral entre as duas equipas, com posse de bola repartida, o mesmo número de remates (12 para cada lado) e uma boa situação de golo para o Leixões, quando Avto atirou ao poste aos 18 minutos, e outra para o Covilhã, a já referida grande penalidade.

O treinador do Covilhã, Nuno Capucho, não se cansou de incentivar e dar instruções aos seus jogadores, por contraste com a atitude mais contida de João Eusébio, e os jogadores entregaram-se ao jogo e foram criando lances de algum perigo, mas que foram prejudicados por deficiente definição.

O jogo continuou vivo na segunda parte, o perigo rondou as duas balizas aos 53 e 55 minutos e o Leixões conquistou depois quatro cantos consecutivos, mas não tirou daí qualquer vantagem, por culpa própria e também pelo bom desempenho defensivo do adversário.

Beto brilhou aos 70 minutos, sacudindo para canto um remate forte de Gui Inters, e brilhou ainda mais aos 83 minutos, ao defender uma grande penalidade batida por Filipe para o seu lado direito, segurando aí um ponto para o Leixões.

 

Jogo realizado no Estádio do Mar, em Matosinhos.

Leixões - Sporting da Covilhã, 0-0.

 

Equipas:

- Leixões: Beto, Edu Machado, Pedro Pinto, Brendon Lucas, Rafael Furlan, Rodrigo (Kiki, 77), Paulo Machado (Rui Pedro, 67), Nduwarugira, Jefferson Encada (Jota Silva, 86), Nenê (Jota, 86) e Avto.

(Suplentes: Stefanovic, Tiago André, Jota,Rui Pedro, Jota Silva, Rucker, Kiki, Luycas Lopes e Wendel).

Treinador: João Eusébio.

- Sporting da Covilhã: Léo Navachio, Jean Filipe, André Almeida, Joel Vital, Tiago Moreira, Filipe Cardoso, Enoh (Inusah, 90+1), Gui Inters, Gleison (Leo Cá, 78), Jorge Vilela (Lamine, 68) e Daffe (Deivison Borges, 68).

(Suplentes: Igor, David Santos, Areias, João Cardoso, N' Dao Lamine, Leo Cá, Inusah, Amessan e Deivison Borges).

Treinador: Nuno Capucho.

 

Árbitro: João Bento (AF Santarém).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Jorge Vilela (63), Edu Machado (73), Nduwarugira (85), Beto (86), Lamine (89) e Joel Vital (90+3).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

PUB

PUB

PUB

PUB