Cineclube Gardunha estreia novos espaços e rubricas

No âmbito da programação do Cineclube Gardunha, vão-se exibir diversos filmes no resto deste mês de setembro, em diferentes espaços, geografias, culturas e com diferentes temas.

 

  • Cultura
  • Publicado: 2023-09-13 18:17
  • Por: Diário Digital Castelo Branco

A programação começou esta quarta-feira, 13 de Setembro, n’ A Moagem – Cidade do Engenho e das Artes, no Fundão, com uma nova rubrica, “Carta Branca a…”, em que pessoas exteriores ao Cineclube escolhem um filme. O músico João Clemente foi o primeiro convidado e a escolha recaiu em “Pastoral: Morrer no Campo”, do japonês Shuji Terayama. Um filme de 1974 onde o cineasta expõe “a sua infância, os seus medos e alegrias, a sua memória”.

Foi uma noite de sessão dupla, com a exibição de mais uma escolha de João Clemente, “The Journey of the Soul From Hell to Heaven”, da cineasta e música de ascendência japonesa Ikue Mori.

No dia 17 de Setembro, domingo, às 16:00 horas, na Casa Grande, na Barroca, estreia outra rubrica do Cineclube Gardunha, “Redescobertas do Cinema Português”. A primeira proposta é redescobrir o filme “O capacete dourado”, de 2007, a primeira longa-metragem de Jorge Cramez.

O Jardim das Tílias, no Fundão, vai receber, no dia 23 de Setembro, sábado, às 21:30, o filme “Edifício Master”, o documentário de Eduardo Moutinho sobre o quotidiano dos moradores de um edifício antigo em Copacabana, numa sessão que se insere no ciclo “Janela para o Mundo”, em parceria com o Centro para as Migrações do Fundão.

 

A finalizar, no dia 27 de Setembro, quarta-feira, às 21:30 horas, o Cineclube Gardunha estreia um novo local de exibição. Pela primeira vez, a Design Factory recebe uma sessão de cinema, com o documentário de Luís Buñel, “As Hurdes: Terra sem Pão”, que destaca uma “desolada localidade espanhola, situada entre Salamanca e a fronteira portuguesa”.

Esta última sessão é uma parceria com o Festival Literário da Gardunha, a propósito do centenário do poeta Mário Cesariny, e no final haverá leitura de poemas.

A entrada é livre. Faça a reserva do seu lugar através do e-mail bilheteira.cultura.cmfundao@gmail.com ou do contacto telefónico 275 773 032 (custo de uma chamada para rede fixa nacional).

 

PUB

PUB

PUB

PUB