Castelo Branco: Luís Correia faz parte dos corpos sociais da Associação dos Movimentos Autárquicos Independentes

Luís Correia, líder do SEMPRE – Movimento Independente, foi eleito, em meados do mês passado, presidente do Conselho Fiscal da Associação dos Movimentos Autárquicos Independentes (AMAI).

  • Região
  • Publicado: 2021-12-01 08:41
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

O SEMPRE – Movimento Independente, que brevemente será constituído como associação de interesse cívico, ganha assim visibilidade a nível Nacional. 

Para Luís Correia, este é também um sinal de que o movimento não foi criado apenas para disputar as autárquicas do passado mês de Setembro, mas que vai continuar o seu caminho na defesa dos interesses dos albicastrenses e do seu concelho.

Nos corpos sociais da Associação foram também eleitos Adelaide Teixeira como Presidente da Direção e Rui Moreira na qualidade de Presidente do Conselho Geral.

Em declarações ao Diário Digital, Luís Correia, afirma que “integrar os corpos sociais na qualidade de Presidente do Conselho Fiscal, ao lado de Adelaide Teixeira e Rui Moreira, é não só um privilégio, mas também uma oportunidade para, em conjunto, continuarmos a defender e a posicionar o papel de relevo dos movimentos independentes. Considero que a política de proximidade converge, cada vez mais, com a dinâmica dos movimentos independentes”.

Na mesma reunião foram abordados os resultados das últimas eleições autárquicas, das quais resultaram ganhas 19 Câmaras Municipais e 413 Freguesias, reforçando os Grupos de Cidadãos Eleitores (GCE) a sua posição como a terceira maior força política a nível nacional.

Reconhecendo a Associação Nacional de Municípios Portugueses o direito dos GCE integrarem os órgãos da ANMP, foram nesta reunião eleitos os representantes dos GCE que irão integrar os órgãos da ANMP pela primeira vez. Esta representatividade é fruto das reivindicações que a AMAI tem vindo a fazer junto da ANMP.

A AMAI vai continuar o seu trabalho no sentido de reforçar a união com todos os movimentos independentes, no propósito de dar cumprimento aos seus objetivos enquanto agente de cooperação positivo nomeadamente com a ANMP e a Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE), além de contribuir para a democracia plena que abranja todos os cidadãos.

PUB

PUB

PUB

PUB