Castelo Branco: Utentes da ACAPO reflorestam zona verde em Monforte da Beira

A Delegação de Castelo Branco da Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal (ACAPO), focada, ao longo deste ano de 2021, em projetos do âmbito da responsabilidade social, promoveu, em parceria com o núcleo da Quercus albicastrense, a reflorestação de uma zona verde em Monforte da Beira, Freguesia do Concelho de Castelo Branco, no sábado passado, dia 27 de novembro de 2021.

  • Região
  • Publicado: 2021-11-29 19:10
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

Segundo a informação a que o Diário Digital Castelo Branco (DDCB) teve acesso, foram plantadas árvores autóctones como o carvalho português,  também conhecido por carvalho-cerquinho, que é uma árvore que pode alcançar um grande porte, atingindo até 25 metros de altura. Zimbros que é uma planta lenhosa originária do norte de África e que, na atualidade, no interior de Portugal cresce em zonas de frio intenso e com ventos fortes. Também foram plantados medronheiros que são uma planta ornamental que possui frutos comestíveis.

“A responsabilidade social e a preservação da natureza cabe em cada um de nós, e a Delegação de Castelo Branco da ACAPO quis também dar o seu contributo ou não fossem as florestas consideradas como ‘pulmões do mundo’ ", lê-se na nota de imprensa que a Delegação de Castelo Branco enviou ao DDCB.

Receber cada vez mais e melhor as pessoas com deficiência visual é o objetivo principal da ACAPO e da sua Delegação de Castelo Branco, que conta já com mais de 2 centenas de associados. A Delegação conta com uma equipa técnica multidisciplinar constituída por psicólogo, assistente social e terapeuta ocupacional. A Delegação albicastrense está localizada na Rua Ruivo Godinho, perto do Conservatório Regional e da Sé-Catedral.

A ACAPO é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, fundada em 1989, sediada em Lisboa e trabalha em prol da inclusão social e da promoção da qualidade devida das pessoas com deficiência visual.

Salientada na habilitação e reabilitação das pessoas com deficiência visual, defende continuamente os seus direitos e cooperamos com todos os que queiram participar na construção de uma sociedade mais inclusiva e acessível a todos.

Além da Delegação de Castelo Branco, há mais 12 delegações (Lisboa, Porto, Coimbra, Braga, Viana do Castelo, Vila Real, Viseu, Leiria, Aveiro, Guarda, Algarve, Açores), três Departamentos de Apoio ao Emprego e Formação Profissional e um Centro de Produção.

PUB

PUB

PUB

PUB