Autárquicas2021/Castelo Branco: PS prometeu “Castelos no ar” - SEMPRE

Os vereadores do SEMPRE - Movimento Independente, questionaram na última reunião pública do executivo, o Presidente da Câmara, Leopoldo Rodrigues, sobre a promessa eleitoral da construção da Barragem do Barbaído, como o Diário Digital anunciou na altura http://www.diariodigitalcastelobranco.pt/noticia/57844/autarquicascastelo-branco-candidato-do-ps-quer-construir-barragem-do-barbaido-e-reflorestar-o-concelho-

  • Região
  • Publicado: 2021-11-25 15:54
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

Os vereadores colocaram um conjunto de questões basilares, que se assumem como ponto de partida para um investimento desta natureza, nomeadamente, qual o valor do investimento em causa? Se é o orçamento municipal a assegurar o mesmo? Qual a dimensão do projeto? Qual o objetivo primordial do investimento? Qual a posição do Governo sobre o mesmo? 

Luís Correia e Jorge Pio, não obtiveram nenhuma resposta, o que revela, para estes vereadores, um desconhecimento total sobre uma das principais promessas do PS.

Luís Correia relembrou toda a história deste projeto, manifestou as suas dúvidas sobre o interesse do Governo na construção desta Barragem e realçou, como uma das questões mais importantes, que não deveria ser o orçamento municipal a assegurar o investimento e sim as Águas de Portugal, a quem foi concessionado este investimento, em 2001, e que até hoje, não concretizou. 

Segundo o ex-presidente da autarquia, a falta de respostas por parte do Executivo Socialista, demonstra um grande desconhecimento sobre este projeto, e para o SEMPRE revela “tratar-se de uma promessa eleitoral vaga, provavelmente um dos muitos “Castelos no ar” que compuseram o programa eleitoral socialista”.

Para o SEMPRE, se por um lado é preocupante a falta de uma ideia clara sobre um projeto desta dimensão, mais preocupante se torna se, de forma pouco pertinente, não forem assegurados os interesses do Município junto do Governo, nomeadamente a responsabilidade financeira sobre o mesmo.

PUB

PUB

PUB

PUB