Golos madrugadores embalam triunfo do Sporting de Covilhã sobre o Varzim

O Sporting da Covilhã venceu hoje em casa do ‘aflito' Varzim, por 2-1, em partida 21.ª jornada II Liga portuguesa de futebol, onde os serranos capitalizaram dois golos apontados nos instantes iniciais da partida.

  • Desporto
  • Publicado: 2021-02-22
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco/Lusa

Com os tentos de Gilberto, aos 13 minutos, e Enoh, aos 15, os visitantes manietaram, desde cedo, um Varzim, que apesar de ter reagido com contundência na segunda parte, reduzindo por Luís Pedro, aos 46, não mostrou capacidade de finalização para impedir a derrota.

Com este desaire os poveiros continuam em zona de descida, no penúltimo lugar com apenas 15 pontos, enquanto que o Sporting da Covilhã, que conseguiu o primeiro triunfo com o novo técnico José Bizarro, ganhou fôlego na fuga ao fundo da tabela, seguindo em 13.º, com 22, e menos dois jogos.

Os serranos não poderiam esperar uma melhor entrada no desafio, surpreendendo o Varzim com dois golos no primeiro quarto de hora, que ditaram o desenrolar do desafio

Gilberto inaugurou o marcador aos 13 minutos, num bom remate de fora da área na sequência de um canto, e na jogada seguinte foi a vez de Enoh, num contra-ataque, fazer o 2-0, assistido por Jean Felipe.

‘Esmagado’ animicamente pela entrada de rompante do adversário, o Varzim teve dificuldades em reagir, e o melhor que conseguiu fazer em toda primeira parte foi um desvio de Lessinho, que Tiago Moreira tirou em cima da linha.

Ainda assim, o intervalo serviu para os poveiros estabilizarem, conseguindo relançar o jogo logo nos segundos iniciais do reatamento, numa emenda de Luís Pedro para o 2-1, na sequência de um canto.

O tento madrugador encheu de confiança a formação da Póvoa de Varzim, que logo nos minutos seguintes teve duas soberanas chances para resgatar o empate, mas encontrou um inspirado guarda-redes do Sporting de Covilhã.

Os visitantes, mais concentrados em segurar a vantagem, ainda criaram perigo num contra-ataque finalizado com um remate de Bernardo Martins, mas a ação continuou a centrar-se na área do Covilhã, com o Varzim a não mostrar frieza na finalização para recuperar do desaire, num final de partida frenético, em que o técnico dos serranos, José Bizarro, foi expulso.

 

Jogo no Estádio do Varzim SC, na Póvoa de Varzim.

Varzim - Sporting da Covilhã, 1-2.

Ao intervalo: 0-2.

Marcadores:

0-1, Gilberto, 13 minutos.

0-2, Enoh, 15.

1-2, Luís Pedro, 46.

 

Equipas:

- Varzim: Ricardo, Tiago Almeida (George Ofosu, 87), Luís Pedro, André Micael, Tiago Cerveira, André Leão, Rui Moreira (Nuno Valente, 79), Lessinho (André Vieira, 46), Fatai, Agdon (Irobiso, 79) e Patrick.

(Suplentes: Isamel, Tembeng, André Vieira, George Ofosu, Diarra, Michael Douglas, Irobiso, Nélson Agra e Nuno Valente).

Treinador: António Barbosa.

- Sporting da Covilhã: Léo Navacchio, Jean Felipe, Jaime, André Almeida, David Santos, Filipe Cardoso, Gilberto, Bernardo Martins (Joel Vital, 82), Tiago Moreira, Enoh (Areias, 87) e Gleison (Lamine, 69).

(Suplentes: Bruno, Felipe Macedo, Areias, João Cardoso, Joel Vital, Lamine, Lé Cá, Wendel e Deivison Borges).

Treinador: José Bizarro.

 

Árbitro: Cláudio Pereira (AF Aveiro).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Lessinho (06), Filipe Cardoso (08), André Leão (19), Agdon (30), Gilberto (32), André Micael (50) e Fatai (61).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

PUB

PUB

PUB

PUB