Fundação Gulbenkian oferece livros à biblioteca de Proença-a-Nova

A Biblioteca Municipal de Proença-a-Nova recebeu 256 novos livros oferecidos pela Fundação Calouste Gulbenkian, que vão a partir de agora integrar um acervo de mais de 38 mil publicações. 

  • Cultura
  • Publicado: 2020-12-31
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

Em comunicado enviado ao Diário Digital Castelo Branco, o município de Proença-a-Nova, no distrito de Castelo Branco, explica que desde que a biblioteca abriu as portas ao público, há 25 anos, "tem contado com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian, que já doou neste período mais de 1200 livros, um importante mecenato que tem contribuído para a diversidade de autores e de temáticas no seu espólio".

"Este é um importante reforço no acervo da nossa Biblioteca Municipal e que é o reflexo do prestigiado trabalho da Fundação Gulbenkian no apoio à cultura e principalmente no importante relacionamento que continua a manter com as bibliotecas públicas e com a disponibilização de diversas publicações a todos os portugueses e, neste caso, aos nossos munícipes", refere, no comunicado, o vice-presidente do município, João Manso.

A Biblioteca Municipal de Proença-a-Nova tem atualmente mais de 39 mil livros disponíveis, dos quais cerca de 31 mil na secção de adultos e cerca de 9.000 na secção infantojuvenil.

Conta ainda com um total de 3.453 utilizadores registados (incluindo os polos) e 121 títulos de periódicos, jornais e revistas de âmbito local, regional e nacional.

Citada na nota, a diretora-adjunta da Fundação Calouste Gulbenkian, Maria João Botelho, refere que "foi preparada uma oferta de títulos editados nos últimos anos que inclui obras das coleções dos Textos Clássicos e da Cultura Portuguesa, catálogos de exposições temporárias e das coleções permanentes do Museu Gulbenkian, assim como textos de educação, de arte, de economia, de filosofia e ainda literatura diversa relacionada com a atividade desenvolvida pela Fundação".

Segundo esta responsável, a oferta da Fundação Calouste Gulbenkian, “procura dar continuidade à divulgação do conhecimento e da cultura e de forma a assegurar que as edições Gulbenkian possam ser consultadas em todo o país através da Rede de bibliotecas municipais".

A Biblioteca Municipal de Proença-a-Nova tem, desde abril, em funcionamento a modalidade de entrega de livros ao domicílio, que pode ser solicitada pelos leitores de qualquer ponto do concelho.

Entre março e setembro deste ano foram requisitados 653 livros, face aos 874 registados em 2019, devolvidos 1.139 livros (1.035 no ano passado) e registadas 142 renovações (376 em 2019).

PUB

PUB

PUB

PUB