João Vasco Caldeira e Rui Mateus candidatos à Distrital do CDS de Castelo Branco

João Vasco Caldeira e Rui Mateus anunciaram as respetivas candidaturas às eleições da Comissão Política Distrital do CDS-PP de Castelo Branco, marcadas para sábado, e ambos prometem trabalhar para reforçar a representação eleitoral do partido no distrito.

  • Região
  • Publicado: 2020-09-16
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

Em declarações à agência Lusa, Rui Mateus, que é o atual presidente da Juventude Popular de Castelo Branco, explicou que se candidata com o objetivo de "abrir o partido às pessoas em geral" e por considerar que o CDS na região precisa de uma "aragem nova" que lhe dê mais visibilidade a nível local.

Rui Mateus salienta o objetivo de "projetar a voz do partido para mais longe" e de contribuir para a reorganização do CDS, apostando numa "maior proximidade" com os militantes e eleitores e numa maior presença na comunicação social e nas redes sociais.

Este candidato assumiu ainda o objetivo de contribuir para que o CDS reforce a representação eleitoral no distrito de Castelo Branco, a começar pelas autárquicas de 2021.

"Esse é o grande desafio para o próximo ano e não podemos esperar por janeiro para apresentar candidatos e equipas. Temos de iniciar esse caminho, desde já", defendeu, sublinhando que já iniciou os contactos para garantir que, caso seja eleito, o partido tenha candidatos em todos os concelhos do distrito.

Representatividade territorial e ampla cobertura geográfica são características reivindicadas pela outra lista que também está na disputa eleitoral e que é encabeçada por João Vasco Caldeira, presidente da Concelhia da Covilhã, órgão que também vai a votos no sábado e ao qual também se recandidata.

"Já tinha assumido a candidatura à Concelhia e a candidatura à Distrital acabou por surgir em conjunto com um grupo de militantes que resolveu avançar, dado os desafios distritais que o partido terá de enfrentar nos próximos tempos. Não podíamos ficar parados", explicou.

O candidato salienta que se for eleito irá implementar um trabalho de proximidade com as concelhias e destaca que o primeiro passo já foi dado, uma vez que na lista que encabeça é acompanhado por dirigentes concelhios e eleitos locais da Covilhã, Idanha-a-Nova, Castelo Branco, Proença-a-Nova e Vila Velha de Ródão.

João Vasco Caldeira assume ainda o "grande objetivo de contribuir" para que o partido cresça a nível local e aumente "o número de eleitos locais", conseguido afirmar-se como "terceira força política" no distrito nas próximas eleições autárquicas.

João Vasco Caldeira destaca que representa um projeto "com ambição máxima" para cada concelho.

PUB

PUB

PUB

PUB