Câmara de Castelo Branco cria Base de Apoio Logístico ao Doente Covid e disponibiliza Pousada da Juventude à ULS

O anúncio foi feito pelo Presidente da Câmara Municipal, Luís Correia, acompanhado do Delegado de Saúde de Castelo Branco, Joaquim Serrasqueiro, da Diretora Clinica da Unidade Local de Saúde (ULS), Eugenia André, e da Patologista da ULS, Sandra Paulo, ontem, em conferência de imprensa.

  • Região
  • Publicado: 2020-03-25
  • Autor: José António Baleiras

A Base de Apoio Logístico ao Doente Covid é uma iniciativa decorrente da situação epidémica que a comunidade vive e que, segundo Luís Correia, “ Deve ser desenvolvida sem alarmismos e com máximo de tranquilidade que a situação permite, porque são tempos que o mundo nunca viveu”. O Autarca apela à consciência das pessoas e diz-lhes que o isolamento social é o único método existente para que se protejam e protegerem os outros. Já a disponibilização da Pousada da Juventude à ULS ficará a aguardar a evolução do contágio que se adivinha, e ser uma estrutura segura e pronta a ser utilizada para ajudar no combate ao Covid-19.

Além da Delegação de Saúde e da ULS o presidente da Câmara declarou que a autarquia tem mantido contacto com a Proteção Civil e com as forças de segurança (PSP e GNR) com as quais tem mantido um diálogo permanente e um dinamismo comunitário que deu origem à Base de Apoio Logístico para ajudar as autoridades credenciadas.

Luís Correia saudou os profissionais de saúde aos quais demonstrou total disponibilidade para apoiar a ULS em tudo o que for necessário, havendo disponibilidade financeira para adquirir ventiladores e outros equipamentos que sejam necessários para garantir a saúde dos nossos munícipes", explica o presidente do município.

Luís Correia sublinha ainda que a autarquia disponibilizou duas linhas de apoio aos munícipes, uma para a entrega de alimentos e medicamentos (272 330 356) e outra para prestar apoio ao nível social e psicológico (272 330 357).

"Apelo, por isso, aos albicastrenses, para que mantenham a conduta que os tem caracterizado, em isolamento social, com deslocações à rua limitadas ao máximo possível, respeitando as distâncias de segurança e, fundamentalmente, respeitando a vida do outro e agindo com serenidade", frisou.

Deixou ainda uma palavra de "conforto e profunda gratidão" aos empresários, às juntas de freguesia e a todos os profissionais de forças de segurança, Proteção Civil, Bombeiros, Instituições de Apoio Social e funcionários do município, "que continuam excecionalmente no combate a esta ameaça".

Luís Correia pede aos munícipes para não utilizarem os parques infantis e outros equipamentos públicos que, apesar de estarem abertos, não devem ser utilizados. No que diz respeito ao depósito do lixo doméstico nos contentores, faz ainda três recomendações às pessoas. A primeira é colocar os resíduos em sacos resistentes e descartáveis. A segunda é fechar devidamente o saco e coloca-lo no contentor de resíduos indiferenciados. E a terceira é que se o contentor estiver cheio, pede aos munícipes para o depositarem no contentor mais próximo para assim evitar focos de contágio e proteger as pessoas dos Serviços Municipais de Aguas e Saneamento (SMAS) que continuam a trabalhar fazendo parte deste combate.    

O Autarca lembra o conjunto das primeiras medidas aprovadas durante a reunião pública do executivo da passada 6ªfeira, dia 20 , que incluem a disponibilidade para reforçar apoios que visem ajudar a resolver situações de emergência social e outros apoios a instituições de saúde e a instituições particulares de solidariedade social (IPSS).

A redução em 50% das taxas fixas da água, saneamento e resíduos, na fatura da água a clientes domésticos e não-domésticos, por um período de um mês.

A isenção do pagamento de rendas de habitações que são propriedade do município, integradas no âmbito da habitação social, por um período de um mês, e decidiu ainda assumir todos os custos relacionados com as refeições consumidas pelos alunos do escalão A e pelos filhos dos profissionais de saúde, no período de interrupção das atividades escolares definida pelo Governo.

A isenção do pagamento dos valores referentes às atividades de apoio à família, no âmbito da educação pré-escolar do ensino público, por um período de um mês.

O município isentou também o pagamento de taxas relativas à utilização do Campo da Feira (mercado semanal) e do Mercado Municipal de Castelo Branco, por dois meses.

Vão ainda beneficiar de isenção de pagamento as avenças em vigor relativas à utilização dos parques de estacionamento cobertos, por um período de um mês.

PUB

PUB

PUB

PUB