Idanha-a-Nova celebra uma semana Mundial da Alimentação

O Município de Idanha-a-Nova vai assinalar durante uma semana o Dia Mundial da Alimentação (16 de outubro), num ano em que a FAO - Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura decidiu celebrar através deste dia a promoção de uma alimentação saudável e sustentável disponível e acessível para todos.

  • Região
  • Publicado: 2019-10-14
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

O Município de Idanha-a-Nova vai assinalar durante uma semana o Dia Mundial da Alimentação (16 de outubro), num ano em que a FAO - Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura decidiu celebrar através deste dia a promoção de uma alimentação saudável e sustentável disponível e acessível para todos.

De 14 a 18 de outubro, segunda a sexta-feira, serão desenvolvidas várias iniciativas destinadas a toda a comunidade, numa organização conjunta do Município de Idanha-a-Nova com diversas instituições do concelho, sob o mote "Bio & Local? É Lógico!".

Em relevância vão estar os desígnios que levaram à constituição da Bio-Região de Idanha-a-Nova, a primeira em Portugal. Um estatuto que abrange toda a comunidade e a envolve na produção e no consumo de alimentos em modo biológico, na opção por produtos locais – cantinas escolares incluídas – no incentivo aos circuitos curtos de comercialização, na promoção da agroecologia e no combate às alterações climáticas.

Durante a semana haverá sessões dedicadas aos benefícios de uma alimentação saudável e sustentável; rastreios na área da saúde; eventos de live cooking utilizando produtos endógenos e com desperdício zero; visitas a explorações biológicas (olival); ações de sensibilização e educação nas escolas para hábitos alimentares saudáveis; workshops de lanches saudáveis para os mais novos; e sessões sobre boas práticas no transporte, armazenamento e conservação de alimentos.

Esta iniciativa está inserida na tipologia de Intervenção “Plano Inovador de Combate ao Insucesso Escolar”, do Centro 2020, cofinanciado pelo Fundo Social Europeu.

PUB

PUB

PUB

PUB