Castelo Branco: Docente da ESART galardoado nos Prémios Lusofonia 2018

Carlos Manuel Dinis Piçarra Alves, docente da licenciatura em Música, variante de Instrumento - Clarinete na Escola Superior de Artes Aplicadas do IPCB foi distinguido pelo Instituto do Mundo Lusófono (IMLus) com o Prémio Música Clássica, atribuído no âmbito dos Prémios da Lusofonia 2018 (Prix de la Lusophonie 2018).

  • Educação
  • Publicado: 2019-03-01
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

Carlos Manuel Dinis Piçarra Alves, docente da licenciatura em Música, variante de Instrumento - Clarinete na Escola Superior de Artes Aplicadas do IPCB foi distinguido pelo Instituto do Mundo Lusófono (IMLus) com o Prémio Música Clássica, atribuído no âmbito dos Prémios da Lusofonia 2018 (Prix de la Lusophonie 2018).

Os galardoados de 2018 são personalidades de Portugal, Brasil, Angola, Moçambique e Cabo Verde, que se notabilizaram nos domínios do desporto, cinema, escultura, literatura, pintura, música, fotografia, investigação, ensino superior, meio empresarial, arquitetura, diplomacia, política e ecologia. O prémio especial é o Prémio Carreira.

O Instituto do Mundo Lusófono é um organismo independente presidido por Isabelle de Oliveira, professora universitária da Sorbonne Paris 3. Foi inaugurado em dezembro de 2017 com o objetivo de impulsionar, dinamizar e apoiar as ações que promovam a afirmação da língua portuguesa, bem como das comunidades lusófonas, em cooperação com as outras línguas e áreas linguísticas.

PUB

PUB

PUB

PUB