Euribor: Taxas voltam a subir na maioria dos prazos

As Euribor regressaram hoje às subidas em todos os prazos, à exceção da taxa a um mês, no dia em que o Eurostat anunciou que a inflação na zona euro deverá ter subido 2,7 por cento em maio.

  • Economia
  • Publicado: 2011-05-31 11:16
  • Por: Diario Digital Castelo Branco/Lusa

As Euribor regressaram hoje às subidas em todos os prazos, à exceção da taxa a um mês, no dia em que o Eurostat anunciou que a inflação na zona euro deverá ter subido 2,7 por cento em maio.

Segundo o ‘fixing’ diário da Federação Europeia de Bancos, a Euribor a um mês cede 0,002 pontos para 1,228 por cento.

Já a taxa a três meses avança 0,003 pontos para 1,433 por cento, enquanto a taxa a seis meses, principal indexante do crédito à habitação em Portugal regista a maior subida, progredindo 0,007 pontos para 1,712 pontos.

As Euribor a nove e a 12 meses sobem ambas 0,006 pontos para 1,931 por cento e 2,138 por cento, respetivamente.

As Euribor servem de indexante para calcular o 'spread' dos empréstimos e são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de bancos está disposto a emprestar dinheiro no mercado interbancário.

Hoje, o Eurostat anunciou que a inflação na zona euro deverá ter subido 2,7 por cento em maio, quando comparado com o mesmo mês de 2010.

De acordo com a estimativa rápida hoje reproduzida pelo gabinete de estatísticas das comunidades europeias, a inflação poderá estar a aliviar, comparando com os 2,8 por cento registados em abril.

A confirmar-se este valor, a inflação deverá novamente situar-se acima do patamar de dois por cento, que é tido como referência pelo Banco Central Europeu (BCE).

PUB

PUB

PUB

PUB