Fundão: Suspeito da morte de alegado assaltante fica em prisão domiciliária

O Tribunal do Fundão decretou hoje prisão domiciliária ao suspeito da morte de um alegado assaltante em flagrante, numa habitação rural, na última madrugada, disse à agência Lusa fonte da GNR.

  • Região
  • Publicado: 2011-02-26 08:19
  • Por: Diario Digital Castelo Branco/Lusa
O Tribunal do Fundão decretou hoje prisão domiciliária ao suspeito da morte de um alegado assaltante em flagrante, numa habitação rural, na última madrugada, disse à agência Lusa fonte da GNR.

O homem vai utilizar pulseira eletrónica, acrescentou, depois de o mesmo ter sido ouvido em tribunal durante a tarde e parte da noite.

Segundo fonte da GNR, foi o próprio presumível autor dos disparos que se deslocou ao posto da GNR após o sucedido, na aldeia da Orca, e relatou os factos.

O homem estaria sozinho dentro de casa quando se apercebeu de uma tentativa de assalto, entre as 02:00 e as 03:00, à qual respondeu com tiros de caçadeira.

O alegado assaltante, de 40 anos, residente em Castelo Branco, acabou por morrer e outro homem terá fugido.

Ainda segundo fonte da GNR, não havia nenhum valor de relevo dentro da habitação.

O caso foi entregue à Polícia Judiciária.

PUB

PUB

PUB

PUB