Cultura

Vila Velha de Ródão: Exposição de azulejo alicatado patente até final do mês

Diario Digital Castelo Branco | 2011-10-11 17:55:00

Está patente até final do mês na Casa de Artes e Cultura do Tejo, a exposição em azulejo alicatado “OUTRA ARTE” de José Freire.

José Freire, nasceu em 1946 no Fundão, concluiu o curso geral dos liceus e, paralelamente com a sua actividade profissional como bancário, faz o seu percurso artístico através duma intensa observação dos materiais e formas de trabalhar o azulejo. Apaixonado pela arte do mosaico e pela azulejaria, percorreu vários pontos do País e da Europa, preocupando-se sempre por conhecer as técnicas e obras dos grandes mestres deste tipo de arte.

Procurando sempre fazer algo de inovador e diferente, inicia há mais de 20 anos, como autodidacta, a sua própria forma de trabalhar os materiais, criando e recriando com pedaços de azulejos, variados tipos de quadros, painéis e de peças tridimensionais decorativas, constituindo uma genuína e peculiar arte de esculpir o azulejo. Inspira-se na arte do mosaico, nas várias correntes da azulejaria e na técnica “alicatado” ( em voga nos séculos XVI e XVII ) para exprimir a sua arte.

Do conjunto de obras que realiza, exclusivamente com pedaços de azulejo (e sem utilização de quaisquer tintas), destacam-se a recriação de pinturas e desenhos de artistas célebres, a par da execução das suas próprias peças.

Possui um ateliê em Azeitão, onde desenvolve a sua actividade artística, e conta com várias exposições no País.


Publicidade
Meteorologia
Hoje
Amanhã
Noticias
Newsletter
Publicidade
Publicidade
© Diario Digital Castelo Branco 2018
Política de privacidade e cookies
Desenvolvido por citricweb.pt