Castelo Branco: Unidade Local de Saúde investe 516 mil euros em carros elétricos para apoio aos cuidados domiciliários

A Unidade Local de Saúde de Castelo Branco (ULSCB) adquiriu 13 viaturas elétricas, para alocar aos Centros de Saúde de Penamacor, Idanha-a-Nova, Alcains, Castelo Branco (São Tiago e São Miguel), Vila Velha de Rodão, Proença-A-Nova, Sertã e Oleiros.

  • Região
  • Publicado: 2024-07-10 23:43
  • Por: Diário Digital Castelo Branco

A ULSCB também adquiriu mais uma viatura, perfazendo assim 14 no total, destinada à Equipa Comunitária de Saúde Mental que foi criada no ano passado.

Estas viaturas destinam-se para dar o apoio à prestação de cuidados no domicílio nos Centros de Saúde da área geográfica da ULSCB e para o apoio domiciliário no que respeita à Equipa Comunitária de Saúde Mental. 

Esta aquisição enquadra-se na concretização de mais um dos vários projetos do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) a que a ULSCB se candidatou e apresenta um investimento, no valor de 516.600 euros (IVA incluído). Este programa corresponde à concretização das medidas i1.10 (Disponibilizar viaturas para apoio à prestação de cuidados no domicílio nos Centros de Saúde) e i3.04 (Criar equipas comunitárias de saúde mental (ECSM) para adultos, infância e adolescência). 

As mesmas vão permitir a deslocação dos profissionais de saúde para assegurar cuidados nos domicílios aos seus utentes, sejam domicílios preventivos ou curativos.

Vai contribuir para aumentar a prestação de cuidados médicos e de enfermagem no domicílio, reduzindo também as assimetrias que existem neste tipo de resposta a nível regional e local.

O investimento visa alargar os Cuidados de Saúde Primários e reforçar o seu papel central na resposta às necessidades da população em matéria de saúde, no âmbito da arquitetura global do SNS. Neste sentido, este investimento irá potenciar as respostas de proximidade em todos os concelhos da área geográfica da ULSCB, com enfoque no domicílio e na comunidade, intervindo nas populações de maior risco e fomentando a desinstitucionalização e os cuidados ambulatórios, dotando todos os centros de saúde com os veículos elétricos necessários para apoio à prestação de cuidados no domicílio.

Em suma, é um investimento que constitui uma verdadeira mais-valia para as populações, sendo de salientar que todas as freguesias de todos os concelhos da ULSCB são consideradas territórios do interior e de baixa densidade populacional.

O Presidente do Conselho de Administração da ULSCB, José Nunes, realça que no presente momento está a decorrer o processo de aquisição ainda de mais 5 viaturas elétricas, destinadas para as quatro Unidades de Cuidados Continuados Integrados (UCC), criadas recentemente e para a Equipa Comunitária de Suporte em Cuidados Paliativos. Informa ainda que as USF que prestam atividades na comunidade não vão ficar de fora, pelo que também irão receber uma viatura elétrica. 

O Conselho de Administração considera este investimento um passo significativo para o reforço da prestação de cuidados de proximidade, manifestando assim a sua enorme satisfação pelo cumprimento de mais um dos vários objetivos estratégicos do seu mandato.

PUB

PUB

PUB

PUB