Proença-a-Nova promoveu-se como destino turístico na FITUR em Madrid

O Ano Municipal das Artes está a ser o mote para a promoção que o Município de Proença-a-Nova fez de todo o concelho e das suas potencialidades na Feira Internacional de Turismo que decorreu em Madrid de 19 a 22 de Janeiro de 2023. 

  • Economia
  • Publicado: 2023-01-24 23:45
  • Por: Diário Digital Castelo Branco

Pelo quarto ano o Município apresentou-se com um espaço próprio na maior feira de turismo da Península Ibérica com o mesmo objetivo de sempre: promover o território junto do mercado mais próximo de Portugal, reforçando a comunicação que tem sido feita nas anteriores edições de um destino que aposta na natureza, no desporto e aventura, na ciência e também nas artes.

“Em 2023, para além de Madrid, também iremos estar presentes na feira de turismo em Lisboa como parte da estratégia que temos definido para este sector e que passa por criar visibilidade junto de um público que privilegia, sem dúvida, a visita às principais cidades portuguesas, mas que começa a estar disponível para realizar outro tipo de turismo, mais em contacto com a natureza, sem descurar as artes, como cada vez mais nos posicionamos”, refere, em nota de imprensa, João Lobo, presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova.

“Temos ainda muito espaço para crescer, nós e toda a Beira Baixa, sem perdermos aquilo que nos torna singulares e autênticos. Mais turismo significará mais retorno para os agentes já existentes no concelho e poderá potenciar o surgimento de novos empreendedores ligados a este sector, contribuindo para o dinamismo que queremos imprimir localmente, em linha, aliás, com o que se passa a nível nacional”, acrescenta o autarca.

Visualmente, o espaço de Proença-a-Nova destacou a obra “A Coroa”, que os SAWU Studio desenvolveram na antiga ponte do Barrão, entre as aldeias de Vale de Água e do Pergulho, no âmbito do projeto Esporo; e ainda fotografias de peças que integram o Roteiro das Artes do Município, dos seus espaços museológicos e de alguns ofícios. Os visitantes do stand poderam provar as infusões do projeto BioAromas LIIS, com a marca "É Capaz" e foram convidados a a realizar dois dos jogos disponíveis no Centro Ciência Viva da Floresta: um relacionado com a descoberta de ervas aromáticas através do olfato e o outro que convidava a ouvir os pássaros mais frequentes do território.

Nesta edição da FITUR, a representação portuguesa contou com 92 empresas, além das sete regiões turísticas do país. O Secretário de Estado de Turismo, Comércio e Serviços, Nuno Fazenda, o presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, e o presidente do Turismo do Centro, Pedro Machado, estiveram na FITUR no dia de abertura, a 18 de janeiro, tendo igualmente passado pelo stand de Proença-a-Nova.

PUB

PUB

PUB

PUB