Equipa albicastrense destaca-se na "Mostra Nacional de Jovens Empreendedores"

Dos 44 projetos selecionados para estarem presentes na 4ª Mostra Nacional de Jovens Empreendedores, que se realizou nos dias 5, 6 e 7 de Setembro, na Alfândega do Porto, a Equipa Loney,  da Fábrica do Jovem Empreendedor de Castelo Branco, acabou por subir ao pódio.

  • Economia
  • Publicado: 2022-09-13 17:57
  • Por: Diário Digital Castelo Branco

Dos 8 prémios a serem entregues na totalidade das categorias a concurso, os alunos Afonso Lourinho, Dinis Paulo, Francisco Soares e Gonçalo Rafael receberam o prémio da Universidade do Porto. 

A equipa que representou Castelo Branco, apresentou a sua ideia de negócio de forma brilhante e muito parabenizada: uma aplicação que agrega um jogo educativo com objetivo claro de estimular a educação financeira nas escolas! 

Segundo informação a que o Diário Digital Castelo Branco teve acesso, este projeto, foi desenvolvido na Fábrica do Jovem Empreendedor (Projeto de Empreendedorismo Juvenil desenvolvido pelo CEi e CATAA,  e que conta com o apoio da Câmara Municipal de Castelo Branco) já se encontra em fase de prototipagem. Está dirigido para alunos de 3º ciclo e foi pensada para ser utilizada nas aulas de Cidadania. O principal mote para a criação desta aplicação foi o facto destes jovens empreendedores terem observado  que muito embora estejamos imersos num mundo contemporâneo existem termos fundamentais para a gestão de finanças pessoais que continuam a não ser apreendidos. 

A mostra Nacional de Jovens Empreendedores foi o culminar do Concurso de Jovens Empreendedores, realizado a nível nacional, no âmbito do projeto Portugal Empreende 4.0 promovido pela Fundação da Juventude. Esta atividade visa promover o Empreendedorismo Tecnológico, Social, Criativo e Cultural e Ambiental fomentando a geração de ideias e de negócios inovadores. Procura distinguir e premiar a inovação, a criatividade e o talento dos jovens, dando oportunidade a todos os que visitam a Mostra de poderem ver e contactar com os melhores projetos a nível nacional realizados ao nível do secundário e universitário. 

Com este pano de fundo, realça-se nesta iniciativa a abrangência em termos de público-alvo, colocando na mesma competição estudantes a frequentar os ensinos secundário e profissional, e superior. Integrou 44 projetos, 100 participantes, 34 instituições de ensino e ainda 10 jovens empreendedores que já não se encontram a estudar. 

PUB

PUB

PUB

PUB