Ambiente: Município de Proença-a-Nova integra projeto-piloto “Não vá ao engano, lixo não é pelo cano”

O Município de Proença-a-Nova é parte integrante do projeto-piloto “Não vá ao engano, lixo não é pelo cano”, juntamente com os municípios de Portalegre, Fornos de Algodres e Borba.

  • Região
  • Publicado: 2021-11-24 00:40
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

O Diário Digital Castelo Branco sabe que a iniciativa pretende construir uma ação de sensibilização de modo a que resíduos indevidos que dificultam os processos de tratamento das águas residuais, não sejam enviados diretamente para os esgotos, preservando o Ambiente e recursos hídricos. O projeto foi concebido pela ‘Águas do Vale do Tejo’, que pertence à EPAL (Empresa Portuguesa de Águas Livres).

A cerimónia que celebrou esta parceria foi realizada na Escola de Hotelaria e Turismo de Portalegre, a 19 de novembro, Dia Mundial do Saneamento. Além do Município de Proença-a-Nova, estiveram também presentes a presidente da Câmara Municipal de Portalegre, Fermelinda Carvalho, a diretora da Escola de Hotelaria e Turismo, Maria da Conceição Barradas Grilo, o representante da Quercus, professor José Janela, a diretora de operações de saneamento da EPAL e AVT, a engenheira Ana Marcão, e o diretor de Comunicação, Marketing e Educação Ambiente da EPAL, Marcos Sá.

Esta parceria tem a intenção de promover uma campanha de sensibilização ambiental, visando futuramente, que seja alargada a outros 66 Municípios servidos pela Águas do Vale do Tejo, através de uma candidatura ao Fundo Ambiental em 2022. Estes concelhos terão a responsabilidade de divulgar à comunidade a mensagem que se pretende transmitir, através da partilha de folhetos e flyers, divulgação nas redes sociais, parcerias com players do canal HORECA, e ações de sensibilização no seio da comunidade escolar. 

PUB

PUB

PUB

PUB