Lisboa tem nova sede de casa da Comarca de Sertã

Ao assinalar 75 anos da sua fundação, a Casa da Comarca da Sertã inaugurou, no passado dia 6 de Novembro, a sua nova sede, localizada na freguesia dos Olivais, na Rua Cidade da Praia, 364 A, zona oriental de Lisboa.

  • País
  • Publicado: 2021-11-13 22:45
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

A data foi escolhida pelo seu simbolismo, correspondendo ao dia em que a Igreja Católica celebra São Nuno de Santa Maria, o nome religioso de D. Nuno Álvares Pereira, Patrono da Casa da Comarca da Sertã.

Segundo a informação enviada ao Diário Digital Castelo Branco, após a intervenção da Presidente da Mesa da Assembleia-Geral, Irene Cardoso, o Presidente da Direcção, Pedro Amaro, destacou o relevante apoio dado pelas Câmaras da região para requalificação das instalações, processo que foi acompanhado pelo Presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova, João Lobo, salientando ainda o empenho e contributo financeiro recebido dos sócios, no âmbito da campanha de angariação de fundos que decorreu até final do Verão.

Seguiram-se as intervenções do Presidente da Associação das Casas Regionais em Lisboa, Elísio Chaves, do Presidente da Associação das Colectividades do Concelho de Lisboa, Pedro Franco, do Vice-Presidente da Junta de Freguesia dos Olivais, Duarte Carreira, da Vereadora Catarina Dias da Câmara Municipal de Proença-a-Nova e do Vereador Diogo Moura da Câmara Municipal de Lisboa, que, juntamente com o Presidente da Direcção, descerrou uma placa evocativa da efeméride.

Marcaram presença, para além de sócios e dirigentes da Casa da Comarca da Sertã, presidentes e representantes de diversas casas regionais, a saber: Casa da Comarca de Arganil, Casa do Concelho de Alvaiázere, Casa do Concelho de Arcos de Valdevez, Casa do Concelho de Castanheira de Pêra, Casa do Concelho de Castro de Aire, Casa do Concelho de Gouveia, Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra, Casa do Concelho de Tomar, Casa do Concelho de Tondela e Casa Regional de Ferreira do Zêzere.

No âmbito da cerimónia foi inaugurada uma exposição de pintura de Emília de Matos e Silva, sócia com raízes familiares na freguesia de Pedrógão Pequeno, no concelho da Sertã, e que poderá ser visitada até dia 21 de Dezembro, mediante marcação. Seguiu-se uma actuação das Fio à Meada, o Grupo de Vozes Tradicionais Femininas da Casa da Comarca da Sertã, tendo a cerimónia sido encerrada com Porto de Honra.

De referir que as novas instalações, são a 4ª sede na história da Casa da Comarca da Sertã, que passou já pela Rua José Estevão, na Estefânia, depois pela Rua das Flores, junto ao Camões, e que, entre 1956 e 2020, esteve sediada na Rua da Madalena.»

PUB

PUB

PUB

PUB