Castelo Branco: Acordo entre PS e PSD viabiliza executivo da Junta de Freguesia

O novo executivo da Junta de Freguesia de Castelo Branco tem dois eleitos da coligação de direita  PSD-CDS-PPM que ficou em terceiro nas eleições autárquicas. 

  • Região
  • Publicado: 2021-10-13 09:31
  • Autor: Ivo Vladimiro

O novo executivo da Junta de Freguesia de Castelo Branco, tomou posse esta terça-feira, dia 12 de Outubro, às 20:30 horas na Biblioteca Municipal de Castelo Branco e tem pela primeira vez elementos de dois partidos.

Os socialistas venceram as eleições de 26 de Setembro sem maioria mas contam com os sociais-democratas para governar a junta nos próximos quatro anos. 

A equipa liderada por José Pires é constituída, do lado do PS, por Sílvia Resende, Francisco Lourenço, José Bernardino e Maria da Luz Lopes, ficando completa com Alice Almeida e Adélia Guerreiro do PSD, formação que foi a terceira mais votada e que concorreu em coligação com o CDS e o PPM.

Na mesa da assembleia de freguesia há outro sinal de pontes do PS com a oposição.

Victor Grosu, que concorreu pelo Partido da Terra, é com Mariana Luís (PS) um dos secretários de João Vicente, o socialista que passa a presidir ao órgão.

O PS obteve 7 mandatos na assembleia de freguesia e os independentes do SEMPRE 6.

Com esta solução os socialistas podem contar com os três mandatos da coligação liderada pelo PSD e o único eleito do MPT. Nestas eleições o Chega obteve dois mandatos e a CDU e BE não conseguiram reeleger.

PUB

PUB

PUB

PUB