Castelo Branco: Matadouro de Alcains tem novo acionista maioiritário

O matadouro de Alcains, propriedade da Oviger S.A., e o Grupo Fortunna, com sede em Braga, associaram-se e assumem, como objetivo desta operação comercial, acelerar a implementação da nova estratégia da Comissão Europeia “Farm to Fork - do Campo à Mesa". 

  • Economia
  • Publicado: 2021-10-02 08:02
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

Segundo informação a que o Diário Digital Castelo Branco teve acesso, a parceria concretizou-se no dia 24 de Setembro, tendo o Gupo Fortunna passado a ser acionista maioiritário da Oviger.

O Grupo Fortunna é liderado por André Araújo, com um reconhecido percurso no desenvolvimento do negócio da carne bovina, com particular destaque para os produtos de valor acrescentado, quer em termos de cortes, quer em termos de raças. Com uma longa e vasta experiência no sector, percorreu as diversas etapas do processo de formação e aquisição de conhecimentos na fileira da carne, tendo passado, como profissional, pelos quadros de algumas das maiores empresas do sector em Portugal. 

Tendo criado, há pouco mais que uma década o projecto Fortunna, é hoje um dos principais 'players' do sector em Portugal, com infra estruturas produtivas em Braga e nos Açores e já uma referência assinalável do negócio, no mercado europeu.

Sobre esta parceria e nas suas próprias palavras, André Araújo afirma que “a Oviger rapidamente se posicionou como um dos mais relevantes fornecedores da Fortunna, em Portugal. Este projecto cumpria o nosso objectivo de estar cada vez mais próximo dos produtoras, apoiá-los e incentivá-los a fazer melhor, em termos sustentáveis, ambientais e simultaneamente aumentando a sua rentabilidade. Por isso, a parceria com a Oviger é passo nesse sentido.”

O matadouro Oviger S.A. foi comandado, nos últimos 4 anos, pelo albicastrense Artur Diogo, um apaixonado pela Beira Baixa. Na Oviger encontrou o desafio de recuperar uma empresa a necessitar de um forte e rápido processo de modernização. Tem vindo a renovar-se com sucessivos investimentos, sendo que, neste ano, o valor investido superou 1 milhão de euros, tendo em vista a obtenção das certificações internacionais de qualidade e em bem-estar animal, referenciais importantíssimos para poder alcançar os mais exigentes mercados internacionais. 

Artur Diogo, declara ao DDCB que “foi no passado mês de Abril que começamos a trabalhar com o Grupo Fortunna e a conhecer-nos melhor. Trabalhar com um dos mais exigentes clientes de Portugal levou-nos a crescer mais depressa como organização. 

Aprendemos, desde logo, com as suas exigentes normas de controlo de qualidade e percebi rapidamente que trazer todo o know-how do Grupo Fortunna para Alcains iria imprimir maior velocidade ao processo de mudança iniciado na empresa. E assim aconteceu!” Afirma o empresário albicastrense. 

Com esta parceria é legítimo ter a expectativa de que toda a pecuária do Interior ganhará novo fôlego, contribuindo, desta forma, para o combate à desertificação. A Oviger no Grupo Fortunna será um motor de desenvolvimento regional absolutamente estratégico para toda a região.

PUB

PUB

PUB

PUB