Castelo Branco: Cine-Teatro Avenida estreia "Não Canteis a Valsa"

A estreia de 'Não Canteis a Valsa' está marcada para Castelo Branco, dia 12 de Março, no Cine-Teatro Avenida, seguindo depois para Beja, em Maio, Bragança, em Setembro, Ponte de Lima e Alcobaça, ambos os locais em datas ainda a definir.

  • Cultura
  • Publicado: 2021-02-09
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

A informação a que o Diário Digital Castelo Branco teve acesso, refere que "Três cadernos em dueto, 'Não Canteis a Valsa' é um bailado inter-artístico, concebido para cinco bailarinos e dois pianistas, que propõe um modelo performativo híbrido onde se dissipa a fronteira entre bailado e concerto. Um diálogo vivo entre música e dança que tem como ponto de origem as Melodias Rústicas Portuguesas de Fernando Lopes-Graça e que convoca a imagética intensa e perturbadora da artista visual Helena Almeida.

A peça contempla duas modalidades de apresentação pública: a presencial e a virtual. Para além do espectáculo presencial, o bailado terá uma versão digital que permitirá a sua apresentação pública em diversas plataformas no caso de confinamento.

Complementando o bailado integral está a ser desenvolvida, pelo realizador Miguel Munhá, uma obra de videodança, que será utilizada na vertente educativa do projeto, bem como em circulação por diversos contextos (festivais de cinema e imagem, mostras de vídeos, etc)". 

Dança em Diálogos é uma companhia de bailado fundada em Janeiro de 2018 sob a Direção Artística de Solange Melo e Fernando Duarte, e que tem como objetivo principal a apresentação de espetáculos de dança em todo o território nacional, procurando responder aos desafios da arte contemporânea, e desenvolvendo uma plataforma de criação coreográfica que visa uma articulação profunda entre a dança e as diversas expressões artísticas, assim como entre as múltiplas linguagens que a compõem.

Solange Melo estudou na Escola de Dança do Conservatório Nacional. Chegou a Bailarina Principal da Companhia Nacional de Bailado em 2012. De 2005 a 2007, foi bailarina Solista no Ballet Nacionalda Noruega. Faz parte do seu repertório a interpretação de bailados incontornáveis do universo clássico, e também tem dançado um vasto repertório neo-clássico e contemporâneo de Balanchine,Christopher Wheeldon, Paul Lightfoot/ Sol Léon, ou Olga Roriz.

Fernando Duarte estudou na Academia de Dança Contemporânea de Setúbal. Em1995/96 foibailarino estagiário na CeDeCe Companhia de Dança Contemporânea. Ingressou na CompanhiaNacional de Bailado em 1996, onde foi Bailarino Principal. Em 2005/2007 foi Solista no Ballet Nacional da Noruega. De 2011 a 2017 foi Mestre de Bailado e Ensaiador na CNB. Foi-lhe atribuído o Prémio de Dança Anna Mascolo, em 2018, pela Mirpuri Foundation.

Duarte Pereira Martins é licenciado em piano pela Escola Superior de Música de Lisboa, Fundou o MPMP, mantendo agora o cargo de coordenador de projectos e produção. Premiado em diversos concursos de piano, apresenta-se regularmente em concerto por todo o país e estrangeiro. Lecciona actualmente na Escola Artística de Música do Conservatório Nacional.

Philippe Marques iniciou os estudos musicais no Conservatório Regional Silva Marques. Em 2006 ingressou no Conservatório Nacional de Lisboa, completando o Curso de Piano com 20 valores. Lecciona actualmente no Conservatório de Música da Metropolitana, na Escola Profissional Metropolitana e na Escola Artística de Música do Conservatório Nacional.

PUB

PUB

PUB

PUB