Proença-a-Nova: Município dá as boas-vindas ao corpo docente com Plantas Aromáticas e Medicinais

O Ano Municipal das Plantas Aromáticas e Medicinais, que se assinala em 2020, foi o tema da receção ao Corpo Docente, promovida pelo Município de Proença-a-Nova pelo sexto ano, embora em moldes diferentes aos habituais.

  • Educação
  • Publicado: 2020-10-15
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

Com o mesmo objetivo, nomeadamente, apresentar valências existentes no concelho que possam ser úteis nas aulas desenvolvidas pelos docentes e proporcionar aos professores, alguns de passagem pelo nosso concelho, se sintam parte integrante do território.

Segundo informação a que o Diário Digital Castelo Branco teve acesso, o encontro formal entre professores do Agrupamento de Escolas de Proença-a-Nova e educadores dos jardins de infância do Cortiço (Proença-a-Nova) e da Carochinha (Sobreira Formosa) foi substituído pela oferta simbólica de um saco de pano reutilizável, cujo conteúdo inclui um caderno em cortiça alusivo ao Ano Municipal das Plantas Aromáticas e Medicinais, o livro do Prémio Literário Pedro da Fonseca, uma infusão do Projeto-Escola Bioaromas e o Guia de Campo do Malhadal.

Reconhecendo os desafios acrescidos que professores e educadores enfrentam neste ano letivo 2020-2021 devido à pandemia Covid-19, o presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova, João Lobo, reforça a disponibilidade que existe desde sempre “para trabalhar em conjunto com as instituições de educação do concelho, privadas e públicas, para dar as melhores condições não só ao corpo docente, mas também aos nossos alunos”, deixando o convite para, “com o Guia de Campo do Malhadal,  partirem à descoberta do trilho de praia do Malhadal, da sua fauna e flora, valorizando desta forma uma das nossas principais riquezas: a biodiversidade da nossa floresta”. 

PUB

PUB

PUB

PUB