Covilhã vai ter mais um mercado biológico semanal

A Covilhã vai passar a ter dois mercados biológicos semanais, que promovem a venda de produtos agrícolas locais com base em modelos de produção sustentáveis e amigos do ambiente, anunciou o município.

  • Economia
  • Publicado: 2020-09-29
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco/Lusa

Em nota de imprensa enviada à agência Lusa, este município do distrito de Castelo Branco lembra que a cidade já conta com o "Eco Market" (realiza-se aos sábados entre as 08:00 e as 13:00, no mercado municipal local) e que, a partir de outubro, esta iniciativa também passa a realizar-se semanalmente, à quinta-feira, entre as 16:00 e as 19:00, no Jardim das Artes da Covilhã.

"A forte adesão por parte do público covilhanense e a intensa procura por zonas de retalho sustentáveis, ecológicas e biológicas incentivaram a organização a proceder a uma segunda prática semanal da atividade", explica a informação.

Estes dois mercados semanais são promovidos pela Associação de Agricultura Biológica e Agroecológica da Beira Interior (BioEco), associação que assume como principal missão o apoio a projetos relacionados ou interligados com as áreas da Agricultura Biológica e da Agroecológica, enquadradas na economia local da Beira Interior.

Deste modo, será possível encontrar produtos sustentáveis, tais como legumes, verduras, leguminosas, frutos secos, cosméticos naturais, óleos essenciais e artigos artesanais.

Tendo como palco o Jardim das Artes, o "Mercado Eco" também contará com atuações musicais ao vivo, entre outras atividades de entretenimento e animação.

A realização destes mercados também deve contribuir para "uma aproximação entre os produtores regionais e os consumidores locais, através da criação de novos canais que facilitam a partilha de informação e o contacto com os produtos biológicos cultivados", aponta José Armando Serra dos Reis, vereador da Câmara da Covilhã, que é citado na nota de imprensa.

A iniciativa deverá ainda "ajudar a mudar hábitos e mentalidades dos consumidores, dinamizando a economia local, instruindo o respeito pela terra, pelos animais e pelo meio ambiente".

PUB

PUB

PUB

PUB