Restauração tem programa de empreendedorismo para facilitar o investimento no setor

Através do programa “Autoemprega-te”, os empreendedores poderão montar o seu próprio negócio com valores de royalties mais reduzidos, entre outros benefícios.

  • Economia
  • Publicado: 2020-07-21
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

Com a crise provocada pela COVID-19, cerca de 40% das empresas no setor da restauração e bebidas pretende avançar para insolvência, segundo dados da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal. Para dar resposta a um cenário que põe à prova muitos dos empresários do setor, o Grupo Restalia lança o programa “Autoemprega-te”, que visa criar uma oportunidade única para quem pretende investir  com confiança num projeto consolidado, seja em marcas da Restalia com tradição de longa data (como a 100 Montaditos ou a TGB), ou numa das novas marcas (como a Panther Juice & Sandwich Market ou a Pepe Taco), dentro do conceito da Neorestauração, um novo modelo de franchising com maior flexibilidade e opções para os empreendedores e investidores.

O programa “Autoemprega-te” apresenta condições especiais, que visam impulsionar os empreendedores que pretendem montar o seu próprio negócio e criar riqueza e emprego, nomeadamente no que diz respeito aos valores de royalties. A taxa de inscrição passou de 30.000 euros e aberturas de franquias com obras desde 150.000 euros. Este novo programa estará vigente até 30 de setembro deste ano.

“Acreditamos que é um momento muito bom para os empreendedores iniciarem os seus próprios negócios sob o nome de um grupo como a Restalia, o grupo de restauração 100% espanhol com maior presença internacional. A nossa experiência, a nossa força como grupo, as nossas famosas marcas de renome mundial e o nosso modo simples de operar, além das vantagens oferecidas pelo programa Autoemprega-te, representam uma aposta segura no momento perfeito”, diz Enrique Lasso de la Vega, Diretor Internacional do Grupo Restalia.

 

PUB

PUB

PUB

PUB