Castelo Branco: Assembleia Geral da ACICB aprovou contas de 2019 por unanimidade

A Associação Comercial e Empresarial da Beira Baixa (ACICB) aprovou por unanimidade as contas relativas ao ano de 2019, as quais foram apresentadas em Assembleia Geral Ordinária, que reuniu dia 24 de junho.

  • Economia
  • Publicado: 2020-06-29
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

Segundo a informação enviada ao Diário Digital Castelo Branco, a ACICB encerrou o ano passado com um saldo positivo superior a dois mil euros, valor este que transitará para o fundo associativo da ACICB após aprovação unânime pela assembleia.

Acompanhado pelos Órgãos Sociais da ACICB, Sérgio Bento, presidente da Direção, deu a conhecer a todos os presentes o relatório de atividades levadas a cabo por esta associação no decorrer do ano transato. Na exposição apresentada, o maior destaque no ano que passou foi para o início das obras de requalificação da vivenda que servirá de sede da ACICB num futuro muito próximo. “Estou certo que esta obra nos irá orgulhar a todos porque está bem conseguida e porque esta Associação irá ter uma sede à sua altura, com umas condições muito boas”, referiu Sérgio Bento.

De igual modo, o presidente da Direção da ACICB – Associação Comercial e Empresarial da Beira Baixa salientou a atuação da ETEPA – Escola Tecnológica e Profissional Albicastrense, a qual é propriedade da Associação. Para Sérgio Bento, “uma coisa que nos traz muita satisfação é o facto de termos conseguido adequar os cursos lecionados ao meio em que nos encontramos”, situação que resultou de um grande esforço por parte de todos os envolvidos na condução dos destinos da escola.

Atividades de promoção do Comércio de Proximidade, Formação Profissional, candidaturas a programas de estágios e emprego, apoio técnico e consultadoria às empresas foram também algumas das ações enumeradas no documento apresentado, as quais suportam a ação da ACICB na prossecução do seu objetivo de apoiar os seus Associados e demais empresários da região. 

Ainda no primeiro ponto da ordem de trabalhos foi apresentado e votado o Relatório de Contas desta Associação, o qual mereceu parecer positivo por parte do Conselho Fiscal da ACICB, fazendo denotar uma situação económico financeira saudável.

O segundo ponto da ordem de trabalhos debruçou-se sobre a apresentação do plano de atividades e respetivo orçamento para o período de 2020. Neste ponto, para além de fazer referência às principais atividades que a ACICB se propõe a realizar neste ano, entre as quais se encontram diversas candidaturas a programas de incentivo, Sérgio Bento falou acerca dos planos alterados em virtude da pandemia por COVID-19, como aconteceu com a previsão de Missão Empresarial. Nas palavras do dirigente, “2020 seria um ano em que a Associação pensava realizar uma Missão Empresarial e já estivemos a trabalhar nela mas tivemos que a suspender porque, de facto, não fazia sentido estarmos a trabalhar numa Missão que não teremos oportunidade de realizar por via da situação em que nos encontramos. Iremos tentar realizá-la em 2021 se existirem condições para isso”. Tanto o plano de atividades como o orçamento para 2020 foram aprovados por unanimidade.

O terceiro ponto da ordem de trabalhos incidia na deliberação sobre os valores das joias e quotas. Ainda que estes valores se mantenham inalterados há vários anos, a direção da ACICB entendeu que devem ser mantidos em 2020. A proposta da direção foi aprovada por unanimidade.

PUB

PUB

PUB

PUB