Idanha-a-Nova: Município aposta em habitação adaptada às necessidades da população residente

A Câmara Municipal de Idanha-a-Nova aprovou, em reunião do Executivo, a Estratégia Local de Habitação, com uma estimativa de investimento de cerca 12,6 milhões de euros para apoiar o acesso à habitação em todo o concelho, assim como incentivar a reabilitação de habitações e a construção acessível e sustentável.

  • Economia
  • Publicado: 2020-06-25
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

Em nota de imprensa enviada ao Diário Digital, o Presidente da Câmara refere que "Sabendo que o acesso à habitação é fundamental para a qualidade de vida da população, queremos tornar Idanha-a-Nova num concelho com oferta habitacional de qualidade, adaptada às necessidades da população, para reforçar a coesão social e atrair novos residentes", explica Armindo Jacinto.

O autarca adianta que "é uma estratégia a seis anos que inclui cinco programas específicos para grupos sociais distintos, nomeadamente estudantes do Ensino Superior deslocados, população idosa ou com necessidades especiais, população em situação de risco e de exclusão social, população em carência financeira e a população em geral".

Armindo Jacinto salienta que é um "grande investimento da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, para revitalização do património habitacional, mas também para apoiar quem mais precisa no acesso a habitações condignas, incentivar a reabilitação do edificado e atrair mais população, através de benefícios fiscais e de outra natureza".

A reabilitação urbana de edificado por todo o concelho – municipal ou privado – é o principal foco do projeto, mas este inclui, ainda, a construção de imóveis sustentáveis e acessíveis em loteamentos municipais.

OPPresidente da Câmara frisa ainda, que a Estratégia Local de Habitação abrange todas as vilas, aldeias e lugares do concelho de Idanha-a-Nova, enquadrada com outras políticas territoriais em curso, designadamente a criação de Áreas de Reabilitação Urbana (ARU's) e de Programas Especiais de Reabilitação Urbana (PERU's).

"Queremos que as pessoas encontrem nos incentivos à reabilitação mais um estímulo para requalificar o património e passar a residir no nosso concelho, usufruindo das oportunidades da estratégia Recomeçar em Idanha", afirma Armindo Jacinto.

A Estratégia Local de Habitação contempla, por isso, um Gabinete de Apoio ao Munícipe, que irá responder às situações específicas e necessidades dos agregados familiares do concelho.

A elaboração da Estratégia Local de Habitação teve como coordenador o Arquitecto Mário Benjamim, que explica que "este é um documento evolutivo que vai além das carências habitacionais mais prementes para apresentar uma solução global e estratégica para todo o território do concelho de Idanha-a-Nova, concebida em articulação com os gabinetes de ação social e de urbanismo da autarquia".

A implementação da estratégia é assim refletida em vários programas de financiamento, com o objetivo de chegar aos diferentes públicos-alvo identificados num estudo minucioso. 

O documento permite saber, por exemplo, que há 32 agregados familiares identificados a viver em situação de carência habitacional, para os quais está previsto um investimento de 2,8 Milhões de Euros. Mas há também necessidade de alojamento para mais de 300 estudantes deslocados por ano (da Escola Superior de Gestão de Idanha-a-Nova e da Escola Profissional da Raia), num investimento de 2,5 Milhões de Euros. Por outro lado, há 100 idosos ou indivíduos com necessidades especiais a precisar de obras de adaptação funcional das suas habitações, num investimento de 1,3 Milhões de Euros. E, pelo menos, 10 agregados carenciados a precisar de apoio financeiro para obras de conservação das suas residências, no montante de reabilitação de 300 mil euros. Para a população em geral, a estratégia pretende apoiar a construção e reabilitação de 200 habitações, no montante de 5,7 Milhões de Euros.

Com a aprovação da Estratégia Local de Habitação do Município de Idanha-a-Nova, as habitações em todo o concelho ficam mais acessíveis à fixação da população.

Depois de aprovada em reunião da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, a Estratégia Local de Habitação segue agora para apreciação em Assembleia Municipal.

PUB

PUB

PUB

PUB