Covid-19: Hotel de Proença-a-Nova já é “Estabelecimento Clean & Safe”

O Amoras Country House Hotel é a primeira unidade hoteleira do concelho de Proença-a-Nova a receber o selo “Estabelecimento Clean & Safe”, atribuído pelo Turismo de Portugal para “distinguir as atividades turísticas que asseguram o cumprimento de requisitos de higiene e limpeza para prevenção e controlo da Covid-19 e de outras eventuais infeções, reforçando, assim, a confiança do turista no destino”.

  • Economia
  • Publicado: 2020-05-14
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

É também, a Horizontes – Turismo Desportivo é a primeira empresa de animação turística, a receber a mesma distinção.

Com a validade de um ano, este selo está disponível apenas para os empreendimentos turísticos (casas de campo, hotéis e agroturismo), agentes de animação turística e agentes de viagens e turismo que cumpram os requisitos definidos nas normas a observar e que incluem, por exemplo, protocolo de limpeza e higienização, formação para todos os colaboradores e procedimentos de lavagem e desinfeção para garantir a segurança de funcionários e hóspedes. 

“Esta é uma excelente medida do Turismo de Portugal para, aos poucos, começar a dar segurança neste período de progressiva retoma da atividade económica num sector que foi profundamente atingido”, considera, em comunicado, João Lobo, presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova. “Ainda que com todas as precauções de segurança, o território pode agora mostrar-se como um destino turístico de excelência até por todo o turismo de natureza que pode ser explorado sem se massificar”. Ainda a aguardar as medidas que o Governo irá publicitar sobre as regras para frequentar as praias fluviais, o Município encontra-se a preparar uma reunião com os alojamentos para delinear uma estratégia comum para a época de verão. “Com a restrição das viagens aéreas, é expectável que muitos portugueses optem por viagens dentro do país e poderemos aproveitar este impulso para nos divulgarmos como destino turístico que aposta na segurança de todos, de quem nos visita, mas também de quem aqui reside”.

Existem no concelho seis outros empreendimentos turísticos e três agentes de animação turística que podem solicitar o mesmo selo. Para o alojamento local, que representa a grande maioria (35 alojamentos no concelho), o Turismo de Portugal está a definir o processo de atribuição de selo que apresentará na próxima semana.

PUB

PUB

PUB

PUB