Fundão: Alunos com certificação internacional

A Escola de Hotelaria de Lousanne, considerada a melhor escola de Hotelaria do mundo, vai certificar a escola de hotelaria do Fundão, o que confere aos alunos mais reconhecimento a nível internacional.

  • Região
  • Publicado: 2010-02-20
  • Autor: Jaime Pires

A Escola de Hotelaria de Lousanne, considerada a melhor escola de Hotelaria do mundo, vai certificar a escola de hotelaria do Fundão, o que confere aos alunos mais reconhecimento a nível internacional.

Todos os dias chegam à Escola de Hotelaria e Turismo do Fundão ofertas de trabalho, faltam é alunos para a procura numa escola que tem uma taxa de empregabilidade que ronda os 100 por cento.

Este ano todos os cursos sofreram uma reestruturação uma vez que a escola associou-se a uma congenere de Lousanne. Os alunos estão com planos curriculares feitos pela escola de Lousanne com vista ao processo de certificação. Depois de outras escolas pertencentes ao Turismo de Portugal, este ano é a vez da escola do Fundão dar os primeiros passos, uma vez que está inserida no Agrupamento de Escolas do Centro.

Naquela que é uma das maiores escolas da rede dos estabelecimentos com a designação de Turismo de Portugal, as apostas vão para a formação de cozinha e pastelaria, bar e restaurante, para alunos do 9º ano, com duração de três anos, dando equivalência ao 12º ano e um certificado de aptidão profissional e o curso técnico de gestão hoteleira para alunos que têm o 12º ano e que após dois anos têm acesso à carteira profissional de assistentes de direcção de hotel.

Apesar de estar ainda no inicio do processo, Maria José Martins, directora da Escola de Hotelaria do Fundão, lembra que com a certificação da escola quem também fica a ganhar são os alunos que “passam também a receber uma certificação que lhes confere mais reconhecimento a nível internacional”.

Sendo a Escola de Hotelaria de Lousanne uma das escolas mais conceituadas da hotelaria do mundo, o Fundão vê reconhecido o trabalho que tem vindo a ser feito, desde a mudança das escolas do ex-Inftur para a designação de Turismo de Portugal.

PUB

PUB

PUB

PUB