Sporting da Covilhã - Sócios pedem estabilidade na equipa

Manuel Piedade está habituado a sofrer pelo Sporting da Covilhã, mas não tem memória de um jogo com tanta emoção como o de hoje, em que a manutenção na Liga de Honra de futebol só foi assegurada no último lance.

  • Desporto
  • Publicado: 2011-05-30 06:42
  • Por: Diario Digital Castelo Branco/Lusa

Manuel Piedade está habituado a sofrer pelo Sporting da Covilhã, mas não tem memória de um jogo com tanta emoção como o de hoje, em que a manutenção na Liga de Honra de futebol só foi assegurada no último lance.

Reunido com amigos num café da cidade, para onde se dirigiu depois de sair do estádio, após assistir ao triunfo por 1-0 sobre o Desportivo das Aves com um golo de Milton aos 90+4 minutos, sublinhava que ainda estava em sobressalto: "Ainda não me passou a dor de cabeça".

Sócio desde criança e apoiante da equipa em todos os campos, considerava ter vivido um "sofrimento desnecessário" e, na hora de celebrar, pedia à Direcção que desse estabilidade à equipa, de forma a evitar esta ansiedade nos adeptos.

"Espero que o presidente arranje uma equipa com mais jogadores com contrato e menos emprestados, porque acho que são mais descomprometidos", sublinhava.

Carlos Silva dava a mesma receita: "Gostava que a Direcção apostasse numa equipa mais coesa, que tente prender alguns jogadores à Covilhã, para nos conseguirmos manter sem estes sobressaltos".

Há mais de 40 anos a torcer pelos "Leões da Serra", Carlos Silva realçava que "uma cidade em progresso, como a Covilhã, tem de manter o clube na Liga de Honra". Só lamentava alguma "falta de atitude" dos jogadores, embora admitisse que "têm estado sob pressão".

De cachecol e camisola verde e branca, Miguel Salgueiro ainda sofria os efeitos da descarga de adrenalina sentida no jogo. "Foi o jogo mais emocionante a que assisti nos últimos anos e teve um final feliz".

Para este adepto serrano, "aquele golo nos últimos segundos foi um milagre". Manuel Piedade, do outro lado do balcão, mostrava-se satisfeito por ter sido marcado por Milton, "porque é um rapaz da terra".

Para a próxima época, Miguel Salgueiro tem apenas um desejo: "Que a Direcção saiba contratar bons jogadores, para em janeiro não ter de se andar a remendar a equipa e assim evitar andarmos a sofrer até à última".

PUB

PUB

PUB

PUB