Vinhos do Alentejo: Brasil é atualmente o principal destino de exportação

O Brasil é atualmente o principal destino de exportação dos vinhos do Alentejo, sendo o mercado que registou o maior aumento de vendas em 2010, 48 por cento, face ao ano anterior, foi hoje divulgado.

  • Economia
  • Publicado: 2011-04-12 18:59
  • Autor: Diario Digital Castelo Branco/Lusa
O Brasil é atualmente o principal destino de exportação dos vinhos do Alentejo, sendo o mercado que registou o maior aumento de vendas em 2010, 48 por cento, face ao ano anterior, foi hoje divulgado.

A presidente da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA), Dora Simões, indicou que, “nos últimos seis anos, a exportação de vinhos do Alentejo para o Brasil aumentou quase 200 por cento e em 2010 foi alcançado um crescimento de 48 por cento”.

“Este crescimento de vendas para o Brasil é uma prova da qualidade do vinho alentejano, do empenho de produtores e importadores e, porque não reconhecê-lo, de mais um reflexo do período de ascensão que a economia brasileira apresenta”, considerou a presidente da CVRA.

Em 2010, foram exportados para o Brasil 2,1 milhões de litros de vinhos do Alentejo, enquanto no ano anterior as vendas tinham atingido 1,4 milhões de litros.

Segundo a CVRA, os vinhos do Alentejo vão estar presentes no certame Expovinis, de 26 a 28 deste mês, no Expo Center, em São Paulo, Brasil.

A Comissão Vitivinícola Regional Alentejana participa na Expovinis onde será possível degustar vinhos de 14 produtores do Alentejo.

A presidente da CVRA indicou que os vinhos do Alentejo vão participar “num dos mais relevantes eventos realizados na América do Sul relacionados com o vinho”.

“A presença dos vinhos alentejanos em edições anteriores da Expovinis traduziu-se num reforço da notoriedade junto de compradores, críticos e opinião pública, o que é absolutamente decisivo para reforçar a presença e a imagem dos nossos vinhos no mercado brasileiro”, salientou Dora Simões.

De acordo com a CVRA, os vinhos do Alentejo lideram o mercado português, com cerca de 40 por cento do volume total e quase 43 por cento em valor, e estão a ser exportados para os quatro cantos do mundo, sendo Brasil, Angola, Estados Unidos, Canadá e Suíça alguns dos principais mercados.

O Alentejo abrange oito sub-regiões vitivinícolas: Portalegre, Borba, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Vidigueira, Moura, Évora e Granja/Amareleja.

PUB

PUB

PUB

PUB