Instituto Politécnico de Castelo Branco representa Portugal na feira de Mérida centrada no emprego e formação

Um total de 25 expositores, vários deles portugueses, está a participar na primeira Feira Hispano-Lusa de Formação, Emprego e Desenvolvimento da Extremadura (FEDEX), que arrancou hoje na cidade espanhola de Mérida e se prolonga até sábado.

  • Educação
  • Publicado: 2011-04-07
  • Autor: Diario Digital Castelo Branco/Lusa
Um total de 25 expositores, vários deles portugueses, está a participar na primeira Feira Hispano-Lusa de Formação, Emprego e Desenvolvimento da Extremadura (FEDEX), que arrancou hoje na cidade espanhola de Mérida e se prolonga até sábado.

O evento, que se realiza no Instituto Ferial de Mérida, quer “promover a formação como fundamento da empregabilidade e fator de desenvolvimento social”, quer em Espanha, quer em Portugal, revelou hoje a organização.

A feira é promovida pela empresa Sumo Consultores, com o apoio da Junta da Extremadura, e reúne 25 expositores, de entre os quais várias entidades portuguesas.

A Universidade de Évora, o Instituto Politécnico de Castelo Branco, o Turismo de Portugal – Escola de Hotelaria de Portalegre e as Edições Lidel (em colaboração com o Instituto Camões) são os representantes lusos.

A FEDEX assume-se como “ponto de encontro entre universidades, institutos, escolas de negócios e organismos públicos direcionados para o emprego e formação”.

A troca de experiências e contactos entre estudantes, empresas e profissionais de sectores distintos, dos dois lados da fronteira, é outro dos objetivos da organização.

“Aos visitantes, é dado a conhecer o melhor da oferta educativa existente na Península Ibérica e no estrangeiro”, desde a formação profissional aos vários cursos universitários e de formação pós-graduada, de instituições públicas e privadas, acrescentam os organizadores.

A feira, que tem entrada gratuita para desempregados, quer ainda fomentar os contactos entre quem procura emprego e empresas de diferentes setores.

Além do espaço de exposição, o certame inclui também mesas redondas, uma realizada hoje, subordinada ao tema “O que estudar e onde?”, e a outra programada para sexta-feira, que vai analisar a “Formação Contínua e Gestão da Mudança”.

O evento conta igualmente com o apoio da Câmara Municipal de Mérida e de entidades financeiras, empresas e organismos representativos da sociedade da Extremadura espanhola.

PUB

PUB

PUB

PUB