Covilhã: “A Lenda da Serra da Estrela” novo livro de Maria José Meireles

A Câmara Municipal da Covilhã apresenta no próximo dia 17 o livro de Maria José Meireles, “A Lenda da Serra da Estrela”, em Cerimónia a decorrer às 18:30 horas, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

 

 

 

 

  • Cultura
  • Publicado: 2010-09-13 10:19
  • Autor: Cristina Valente

A Câmara Municipal da Covilhã apresenta no próximo dia 17 o livro de Maria José Meireles, “A Lenda da Serra da Estrela”, em Cerimónia a decorrer às 18:30 horas, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Maria José Meireles nasceu na Freguesia do Tortosendo, na Covilhã. Começou por tirar o curso do Magistério Primário, licenciando-se depois em História na Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Foi professora efectiva na Escola EB 2/3 João de Meira em Guimarães, exercendo durante longos anos uma intensa actividade pedagógica. Foi co-fundadora da Cooperativa de Ensino Artístico Árvore, em Guimarães. Leccionou desde o 1º ciclo à Universidade, nomeadamente a disciplina de História da Arte.

Depois de se reformar, encontrou na escrita uma maneira de continuar a fazer o que gosta: estar junto dos alunos como uma amiga que lhes traz a “magia” das Lendas e História de Portugal, utilizando como motivação muito dos conhecimentos que adquiriu nas oficinas de expressão dramática.

É autora de vários livros infanto-juvenis e muitas das suas obras integram o Plano Nacional de Leitura, uma iniciativa do Ministério da Educação, em articulação com o Ministério da Cultura. Em 2002 escreveu “Voar em Guimarães”, seguido de “A lenda do Galo de Barcelos” no ano seguinte. Em 2004 publica “Braga – Era uma vez uma cidade” e “Lenda do Rio Ave”. No ano a seguir escreve “Lendas de Mouras Encantadas” e “O Porto e o Segredo do Infante”. Em 2007 publica quatro obras: “O cavaleiro do arco-íris – Terras de Basto”, “Gonçalo Mendes da Maia, o Lidador”, “Santo Tirso – No murmurar das águas… Terras de S. Rosendo” e “A Ninfa do Atlântico – História da Cidade de Lisboa”. Já em 2009 escreveu “Os Sete Guerreiros da Lua – Citânia de Briteiros” e “Um povo sem medo – As Invasões Francesas”.

PUB

PUB

PUB

PUB