Sporting da Covilhã - João Pinto quer assegurar a manutenção "o mais rapidamente possivel"

O novo treinador do Sporting da Covilhã disse hoje pretender assegurar a manutenção na Liga de Honra de futebol o mais rapidamente possível e tentar fazer melhor que na última temporada.

  • Desporto
  • Publicado: 2010-06-23 14:42
  • Autor: Diario Digital Castelo Branco/Lusa
O novo treinador do Sporting da Covilhã disse hoje pretender assegurar a manutenção na Liga de Honra de futebol o mais rapidamente possível e tentar fazer melhor que na última temporada.

"É o homem que achamos certo para o lugar certo", disse o presidente do clube, José Mendes, referindo que o treinador João Pinto, apresentado hoje na cidade serrana, foi a primeira escolha.

"Foi o único treinador com quem falámos. É um homem da nossa confiança para fazer um campeonato tranquilo e melhor que no ano passado", referiu o presidente, na conferência de imprensa em que também foi apresentado o preparador físico Miguel Ribeiro.

Depois de 34 anos ao serviço do FC Porto, primeiro como jogador e depois como treinador, dos juniores e nas últimas quatro temporadas enquanto treinador adjunto no plantel principal dos "dragões", João Pinto acentua que lhe custou sair para aceitar um "novo desafio".

"Não vou dizer que sou do Sporting da Covilhã desde pequenino, mas a partir deste momento as pessoas ligadas ao clube podem querer tanto, mas não podem querer ganhar mais do que eu", sublinha o antigo capitão portista.

"A forma como defendi o FC Porto é a mesma forma como quero defender o Sporting da Covilhã", acrescentou João Pinto, que adianta ter recebido convites de outros clubes.

O novo treinador serrano, que sucede a Nicolau Vaqueiro, vai "exigir trabalho e uma disponibilidade muito grande a nível dos treinos" aos jogadores.

Neste momento, o plantel conta com 18 jogadores. João Pinto informa que gostaria de trabalhar com um plantel "com 20 ou 21 jogadores, mais três guarda-redes". Por isso frisa que "todos os setores terão de ser reforçados".

Segundo José Mendes, as aquisições feitas até ao momento tiveram o aval do treinador e, até ao dia 5 de Julho, data do arranque da nova época, o grupo de trabalho ficará "praticamente definido".

"Temos de ter uma equipa competitiva, jogadores capazes de assimilar aquilo que eu quero", salienta o técnico, que, além do preparador físico Miguel Ribeiro, terá como adjunto Luciano, elemento que transita das anteriores equipas técnicas.

Joanito, outro antigo jogador e adjunto há vários anos no Sporting da Covilhã, também fica no clube, embora a sua função ainda não esteja decidida.

Ao contrário do que tem acontecido nos últimos anos, em que os vínculos eram apenas de um ano, João Pinto assinou por duas temporadas.

"Agora achámos que tinha de ser por dois. Espero que os resultados o ajudem", realçou José Mendes, "amigo" do novo treinador, mas que promete separar as relações pessoais do trabalho.

PUB

PUB

PUB

PUB