Penamacor: 6 anos e 6 meses de prisão para o homem que esfaqueou enteado

O tribunal de Penamacor condenou a 6 anos e 6 meses de prisão o homem que em Julho de 2009 esfaqueou o enteado.

  • Região
  • Publicado: 2010-04-12 15:48
  • Autor: Jaime Pires

O tribunal de Penamacor condenou a 6 anos e 6 meses de prisão o homem que em Julho de 2009 esfaqueou o enteado.

Segundo fonte do Tribunal ao Diário Digital Castelo Branco, o homem foi condenado pelo crime de homicídio de forma tentada.

O indivíduo era ainda acusado de homicídio qualificado, mas o tribunal absolveu-o deste crime.

Quanto ao enteado, segundo a mesma fonte disse ao Diário Digital Castelo Branco, foi condenado a 100 dias de multa à taxa diária de 5 euros, por detenção de arma proibida.

Recorde-se que em Julho de 2009, o individuo na altura com 33 anos, esfaqueou o enteado, que tinha 22 anos por este ter pegado no irmão ao colo, um bebé na altura com 9 meses.

O homem trabalhador de construção civil, residia com a mãe da vítima e o filho bebé de ambos na localidade raiana de Pedrógão de S. Pedro.

Até ao julgamento, o homem esteve em prisão domiciliária, vigiado por pulseira electrónica.

PUB

PUB

PUB

PUB