Transição digital: Bio-Bairro de Idanha dispõe de 775 mil euros para apoiar produtores

A Câmara Municipal de Idanha-a-Nova assinou no passado fim de semana o contrato de consórcio do projeto Bio-Bairro de Idanha, com o Centro Municipal de Cultura e Desenvolvimento de Idanha-a-Nova (CMCD) e a Associação para o Desenvolvimento da Raia Centro-Sul (ADRACES).

  • Economia
  • Publicado: 2024-05-15 19:01
  • Por: Diário Digital Castelo Branco

Trata-se um projeto financiado em 775 mil euros pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), no âmbito do incentivo à criação de Bairros Comerciais Digitais, que vem reforçar a estratégia de Idanha-a-Nova, que recebeu o prémio de Melhor Bio-Região da Europa, atribuído pela União Europeia.

Em nota de imprensa, Armindo Jacinto, presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, explica que “o Bio-Bairro de Idanha aposta no trabalho em rede para chegar mais longe, através do digital e do e-commerce e, assim, apoiar os produtores de Idanha, mas também todos os parceiros das Bio-Regiões e outros produtores biológicos do país”, adiantou o autarca.

O Bio-Bairro pretende assumir-se, então, como grande acelerador da digitalização dos operadores económicos aderentes, e contribuir em larga escala para o alargamento do seu mercado potencial através do e-commerce, nomeadamente, a partir do Mercado da Bio-Região de Idanha-a-Nova, usufruindo ainda das infraestruturas de apoio logístico adjacentes. 

Na cerimónia de assinatura do protocolo, a presidente do CMCD, Catarina Pereira, lembrou que “a Bio-Região de Idanha-a-Nova, da qual o CMCD é a entidade gestora, tem uma estratégia que é transversal a toda a sociedade. Não visa apenas a promoção da produção em modo biológico, mas envolver toda a comunidade na valorização do ambiente, da sustentabilidade e de uma alimentação saudável e sustentável”.

O projeto Bio-Bairro de Idanha enquadra-se, assim, neste desígnio. Em representação da ADRACES, Teresa Magalhães, diretora adjunta desta associação de desenvolvimento, reafirmou o “compromisso de estar em pleno neste projeto estratégico para o território”.

O lançamento do Bio-Bairro de Idanha terminou com showcooking do Chef Ljubomir Stanisic e a sua equipa e uma prova de vinhos.

Ljubomir Stanisic expressou o seu apreço pelo trabalho desenvolvido em Idanha: “Tenho apoiado este município porque estamos muito alinhados na valorização da sustentabilidade e da alimentação saudável. O bom trabalho que tem sido feito aqui levou Idanha a ser distinguida pela Europa com um prémio muito merecido”, afirmou o Chef, uma das grandes referências da cozinha em Portugal.

PUB

PUB

PUB

PUB