Castelo Branco: Albi Sport promoveu III Torneio Aniversário

Decorreu nos courts do Albi Sport Clube ao longo dos passados dias 17 e 18 de Fevereiro o III Torneio Aniversário, prova de nível C pontuável para os rankings da Federação Portuguesa de Ténis nos Escalões de Veteranos +35 anos, +45 anos e +55 anos. 

  • Desporto
  • Publicado: 2024-02-20 08:41
  • Por: Diário Digital Castelo Branco

A prova contou com um lote alargado de atletas de qualidade inquestionável e trouxe até à Cidade jogadores de vários pontos do País.

No quadro de Veteranos +35 anos o título ficou em casa nas mãos de Marco Coelho (Albi SC) após bater na final o colega de Clube, João Amoroso por duplo 6/3. Na vertente feminina, o troféu foi também conquistado por outra atleta do Albi SC, Ilda Félix tendo vencido todos os jogos. No 2º lugar terminou Sílvia Gameiro do Covilhã CC. Na variante de pares masculinos, João Amoroso repetiu a presença no decisivo jogo ao lado de Rui Amoroso (Albi SC) e levaram para casa o primeiro título oficial em pares. A dupla do Albi SC venceu a dupla Carlos Ferro/Fernando Marques (Albi SC).

Na final de Veteranos +45 anos a vitória viajou até à Amadora nas mãos de Jorge Lopes (N.º 47), primeiro cabeça de série, após bater por 6/0; 6/3 na final Marco Santos (META). O vencedor desta edição, Jorge Lopes (CT Amadora) conseguiu assim impor-se depois de ter sido finalista no ano passado no Torneio Cidade de Castelo Branco. 

Rui Mendes (Albi SC), atual n.º 30 nacional, venceu na final João Francisco Maia (Nuno Mota TA), por 6/1; 6/1 fazendo valer a sua força perante o primeiro pré-designado. Numa prova irrepreensível e depois de uma 1ª ronda bastante disputada com o jogo a ficar apenas resolvido no super tie-break, Rui Mendes avançou até ao título sem ceder mais nenhum set.

A Edição deste ano foi novamente uma excelente demonstração do Ténis no circuito veteranos e mais uma fantástica montra da Cidade de Castelo Branco. 

Em nota de imprensa, Miguel Tomaz, Diretor do Torneio, refere que “foi mais um excelente Torneio de Veteranos em que houve ainda um Quadro Feminino como a cereja no topo do bolo. O circuito de Veteranos é dos mais dinâmicos do panorama tenístico atualmente e o facto de existirem múltiplos jogadores na região ajuda a justificar a aposta do Clube nos torneios destes escalões. A própria Federação está a fazer um óptimo trabalho nestes escalões e cabe aos clubes reforçar também a sua aposta. A prova disso é que iremos ter já outro Torneio dos mesmos escalões em março mas será uma prova tipo B, com ainda maior qualidade e competitividade” conclui o dirigente desportivo. 

PUB

PUB

PUB

PUB