Associação albicastrense deixa de considerar presidente da Federação Portuguesa de Judo

A Associação Distrital de Judo de Castelo Branco (ADJCB) deixou de dar apoio ao presidente da Federação Portuguesa de Judo (FPJ), Jorge Fernandes.

  • Desporto
  • Publicado: 2022-08-15 23:18
  • Por: Diário Digital Castelo Branco

Em comunicado enviado ao Diário Digital Castelo Branco, os dirigentes da ADJCB referem que depois de nos últimos anos , quase seis, ter sempre demonstrado o seu inequívoco apoio ao Presidente da Federação Portuguesa de Judo no desenrolar dos seus mandatos, dando desde o início da sua candidatura um suporte incondicional, os Delegados e a Associação, demonstram agora a sua indignação na postura e políticas adotadas por Jorge Fernandes. . 

"É lamentável, assistirmos a uma imagem prepotente que em nada dignifica esta modalidade nem retrata os seus valores. Não seremos coniventes com as suas políticas e estratégias no seio da instituição nacional do nosso desporto.

Temos vindo a assistir com preocupação à falta de respeito com os Judocas do Distrito de Castelo Branco, pertencentes às seleções nacionais, quando são excluídos ou não incluídos em convocatórias para estágios e competições internacionais sem qualquer tipo de justificação. Com mérito, dedicação e esforço estes atletas alcançaram resultados nacionais e internacionais e veem agora as suas conquistas serem menosprezadas eesquecidas. 

Estas tomadas de decisão levam ao abandono de jovens promissores do Judo, não só distrital, mas essencialmente nacional. O que o Distrito de Castelo Branco levou anos a construir, vemos agora uma Federação a arruinar.

Esta nossa posição é ainda mais reforçada pelos últimos acontecimentos divulgados pela comunicação social, considerando a postura prepotente e altruísta do mais alto representante da Federação Portuguesa de Judo perante a nossa elite nacional. É uma falta de respeito por quem veste o Judogi todos os dias e eleva a nossa bandeira com orgulho além-fronteiras.

Esta não é a forma de estar, nem de atuar de um Presidente que lidera uma das Federações com mais e melhores resultados desportivos internacionais", conclui o comunicado da ADJCB.

Para além dos seus dirigentes, o documento também foi assinado pelos Delegados da Zona Centro Sul. 

PUB

PUB

PUB

PUB