Castelo Branco: “Reforma curricular” em discussão no Agrupamento de Escolas Cidade de Castelo Branco

Inserida da VI Semana da Matemática, decorreu dia 29 de fevereiro na Escola Cidade de Castelo Branco a conferência “Reforma Curricular: Desafios e perspetivas de futuro”, dinamizada por João Ruivo, Professor do ensino superior e por Eduardo Tobar, Assessor Técnico para assuntos de educação da Embaixada de Espanha em Lisboa.

  • Educação
  • Publicado: 2012-03-03
  • Autor: Diario Digital Castelo Branco

Inserida da VI Semana da Matemática, decorreu dia 29 de fevereiro na Escola Cidade de Castelo Branco a conferência “Reforma Curricular: Desafios e perspetivas de futuro”, dinamizada por João Ruivo, Professor do ensino superior e por Eduardo Tobar, Assessor Técnico para assuntos de educação da Embaixada de Espanha em Lisboa.

Depois de sucessivas e intermináveis reformas na política educativa em Portugal, os palestrantes e assistentes debateram de forma serena, calma e participativa as réplicas decorrentes dessas reformas, que nos últimos dez anos mudaram radicalmente o quotidiano da Escola portuguesa. Eduardo Tobar apresentou a realidade educativa na vizinha Espanha, o que permitiu estabelecer comparações, destacar qualidades e fragilidades de um lado e de outro da fronteira. Ambos comungam da ideia de que “mudança” nem sempre é sinónimo de “melhoria” e acerca do modus operandi do lado de cá da fronteira as intervenções deixaram bem claro que o desnorte está instaurado nas políticas educativas que são alvo de constantes alterações que não permitem seguir um rumo e apenas trazem instabilidade às escolas.

Num momento em que as exigências da sociedade à Escola, que se pretende a tempo inteiro, se avolumam, em Portugal continua-se a legislar de forma desenfreada e ao sabor de novas políticas, causando angústias e o desencanto aos profissionais da educação que muitas vezes chegam à escola e constatam que acabou de sair mais um documento legal que contradiz outro ainda recente e que começava a ser aplicado. Assim tem acontecido com o Estatuto da Carreira Docente, a Avaliação de Professores, o Currículo, a orgânica do Ministério da Educação e das Escolas.

Esta iniciativa integrada na Semana da Matemática, foi uma oportunidade para os docentes refletirem sobre o ensino ministrado quer nas escolas portuguesas quer nas espanholas.

PUB

PUB

PUB

PUB