Coprodução artística sobre as invasões Francesas, Beira Baixa 2.0, com inscrições a decorrer

Encontra-se a decorrer a capacitação de entidades locais e da comunidade em geral, para a criação da primeira produção artística que a Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa (CIMBB) está a dinamizar em seis municípios e que tem como tema as invasões francesas.

  • Cultura
  • Publicado: 2021-04-30
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco
Estas ações inserem-se no projeto Beira Baixa Cultural 2.0. Caso tenha interesse em teatro, música, produção de cenários e guarda-roupa, com ou sem experiência, pode ainda integrar este projeto. Pode inscrever-se na Casa da Cultura de Oleiros (272 680 230). A fase de ensaios tem início a 3 de maio.

Segundo informação a que o Diário Digital Castelo Branco teve acesso, a entidade cultural Sons e Ecos é a responsável por fornecer conhecimentos técnicos na área de criação artística, com foco na produção teatral. A formação e os ensaios vão decorrer de maio a julho, em horário pós-laboral e aos fins-de-semana, culmina num espetáculo final (a 3 de julho). Em Oleiros, o grupo inscrito (que conta com elementos das entidades culturais e da comunidade) carateriza-se pela sua intergeracionalidade e dinamismo. Após a formação, este grupo vai assumir integralmente a apresentação de uma produção teatral.

De recordar que o envolvimento das associações e comunidade local é fundamental para aproximar a população do património histórico e legado cultural relevante de cada Município e da Beira Baixa. Além da apresentação pública dos seis espetáculos em cada concelho, está prevista a sua transmissão em direto, através de plataformas digitais. 

PUB

PUB

PUB

PUB