Covid-19/Proença-a-Nova: Confinamento obriga a cancelamento de eventos e atendimento por marcação

Desde esta sexta-feira, dia 15 de Janeiro, até ao dia 30 deste mês, o país entra de novo em Estado de Emergência com um conjunto de medidas a nível nacional que determinam “o dever geral de recolhimento domiciliário”, com exceção das deslocações autorizadas para a aquisição de bens e serviços essenciais, para o desempenho de atividades profissionais quando não haja lugar a teletrabalho e para a frequência de estabelecimentos escolares e o cumprimento de partilha de responsabilidades parentais.

  • Região
  • Publicado: 2021-01-16
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

Segundo a informação enviada ao Diário Digital Castelo Branco, os estabelecimentos que não estejam autorizados para tal terão de encerrar, incluindo atividades culturais e de lazer, atividades desportivas e termas. Fora das restrições está o voto no dia 24 de janeiro nas eleições presidenciais e todas as atividades relacionadas com a campanha.

O objetivo destas medidas é controlar o avanço do vírus da Covid-19 que, desde o início do ano, já contagiou mais de 85 mil portugueses. Para dar apoio à população mais idosa e mais vulnerável durante o confinamento, a Rede de Solidariedade – que nunca deixou de funcionar – continua a estar disponível para entrega de medicamentos e de bens de primeira necessidade, podendo o serviço ser solicitado pelo número 274 670 000 ou pelo telemóvel 939 623 269.

No caso de Proença-a-Nova, os serviços municipais vão funcionar com marcação prévia (pelo 274 670 000). Os eventos previstos vão ser adiados e/ou cancelados, nomeadamente: a rota das visitas guiadas e encenadas dedicada às invasões francesas, as ações conjuntas da Bibliomóvel, Unidade Móvel de Saúde e Projeto Enraizar, CLDS 4G de 19 e 25 de janeiro; e o Festival do Maranho e do Almeirão que estava previsto decorrer de 22 de janeiro a 16 de fevereiro e que será adiado para quando os restaurantes puderem novamente reabrir. O VI Encontro de Associações do concelho, que se realiza a 16 de janeiro, decorrerá exclusivamente online e o concerto com os Marauders, a 23 de janeiro, pode ser acompanhado em direto no Facebook do Município. Com a previsão do confinamento geral se prolongar até fevereiro, os eventos programados para esse mês também foram cancelados.

A Biblioteca Municipal e os polos vão continuar abertos exclusivamente para prestar apoio aos alunos que vão continuar a ter aulas presenciais, devendo ser cumpridas as normas de segurança em vigor nestes espaços. Adicionalmente, continuará a estar disponível a entrega domiciliária de livros (pedidos através do número 274 670 007). Nos polos de Sobreira Formosa e Montes da Senhora funciona ainda o Espaço Cidadão que estará disponível mediante marcação prévia. O Centro Ciência Viva da Floresta também estará aberto: as visitas à exposição permanente são realizadas por marcação, estando a funcionar a Escola Ciência Viva, o BioAromas - Laboratório de Integração e Inovação Social e o Laboratório de vinhos. Os horários até ao fim de janeiro são de terça a sexta-feira, das 9h00 às 12h30 e das 13h30 às 18h00, com encerramento aos fins de semana e feriados.

O Mercado Municipal, que funciona todas as quintas-feiras em Proença-a-Nova e com venda exclusiva de produtos alimentares, continuará aberto à população nos horários normais, enquanto que os mercados e feiras mensais estão suspensos.

PUB

PUB

PUB

PUB