Universidade da Beira Interior: Alunos de Aeronáutica integram equipa vencedora de competição na área da saúde

Os estudantes de Engenharia Aeronáutica da Universidade da Beira Interior (UBI) Paulo Ferreira e Paulo Figueiredo fazem parte da equipa ByOHope, vencedora da 2ª edição do concurso Life Enablers, que desenvolveu uma rede de drones para ser utilizada no transporte de órgãos para transplante.

  • Educação
  • Publicado: 2021-01-07
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

Segundo a informação enviada ao Diário Digital Castelo Branco, o projeto avaliado por um júri composto por profissionais de saúde (médicos e enfermeiros), bem como associações de doentes, propõe a criação de uma rede de veículos não tripulados para transporte de órgãos. Desenvolvido para território nacional, pode também abranger países estrangeiros. Ao reconhecer a mais-valia do projeto, o júri viu ainda a possibilidade de aplicação em outras situações da área da saúde, sugerindo a sua aplicação no transporte de sangue, medicamentos ou o acompanhamento de pacientes.

A equipa de alunos da UBI integrava ainda elementos da Escola Superior de Enfermagem de Lisboa e da Universidade do Minho.

O concurso Life Enablers é uma competição de inovação na saúde promovida pela Takeda e Spark. A iniciativa dirige-se a estudantes universitários e pretende acelerar ideias que melhorem a qualidade de vida de doentes e das suas famílias.

Nesta edição candidataram-se 120 alunos de ensino superior ou recém-diplomados distribuídos por 41 equipas.

PUB

PUB

PUB

PUB