Portugal acolhe no Fundão seis migrantes resgatados no Mediterrâneo

O Governo anunciou a chegada a Portugal de seis migrantes, provenientes de Itália, que Portugal se prontificou para receber e que foram resgatados do Mar Mediterrâneo pelo navio ‘Sea Watch 3’.

  • País
  • Publicado: 2019-03-23
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco/Lusa

O Governo anunciou a chegada a Portugal de seis migrantes, provenientes de Itália, que Portugal se prontificou para receber e que foram resgatados do Mar Mediterrâneo pelo navio ‘Sea Watch 3’.

Segundo um comunicado conjunto dos ministros da Administração Interna e da Presidência e Modernização Administrativa são seis homens, dos quais quatro provenientes do Senegal, um da Guiné-Bissau e outro da Guiné Conacri, que foram acolhidos pelo município do Fundão.

Os dois ministros salientam que “a chegada de mais estas pessoas resulta do compromisso de solidariedade e de cooperação europeia assumido por Portugal em matéria de migrações” e que, “perante a situação de emergência destes migrantes, o Governo português tem manifestado, em todos os momentos, disponibilidade para participar solidariamente nos processos de acolhimento”.

Portugal continua, no entanto, a defender uma solução europeia integrada para responder ao desafio dos fluxos de migrantes que procuram chegar à Europa através do Mediterrâneo.

PUB

PUB

PUB

PUB