Sophia de Mello Breyner homenageada hoje com inauguração no Jardim Botânico do Porto

A poetisa portuguesa Sophia de Mello Breyner Andresen, que morreu há sete anos, é homenageada hoje com o descerramento do seu busto no Jardim Botânico do Porto, local onde teve contacto pela primeira vez com a poesia.

  • Cultura
  • Publicado: 2011-11-06
  • Autor: Diario Digital Castelo Branco/Lusa

A poetisa portuguesa Sophia de Mello Breyner Andresen, que morreu há sete anos, é homenageada hoje com o descerramento do seu busto no Jardim Botânico do Porto, local onde teve contacto pela primeira vez com a poesia.

O busto de Sophia de Mello Breyner Andresen (1919-2004) vai ser descerrado pelas 11:00, no Jardim Botânico do Porto, local que outrora integrou a Quinta do Campo Alegre, residência dos avós da escritora, João e Joana Andresen.

Segundo Ruben Andresen, primo da autora de "Geografia" e de "O jardim e a casa", foi no Campo Alegre que Sophia teve o primeiro contacto com a poesia quando, numa festa de Natal, uma criada dos Andresen a ensinou a recitar “A Nau Catrineta”.

PUB

PUB

PUB

PUB